A Corrida do Cristão

A cada quatro anos, atletas de diversas nacionalidades se reúnem num país previamente escolhido para disputar um conjunto de modalidades esportivas nos famosos Jogos Olímpicos. A bandeira olímpica representa a união de povos e raças, pois é formada por cinco anéis entrelaçados que indicam os cinco continentes e suas cores. Os gregos foram os precursores dos Jogos Olímpicos. Por volta de 2500 a.C. já faziam homenagens aos deuses. Mas foi somente em 776 a.C. que ocorreram pela primeira vez os Jogos Olímpicos de forma organizada. Quando os romanos invadiram a Grécia no século II, muitas tradições gregas, entre elas as Olimpíadas, foram deixadas de lado. Em 392 d.C., os Jogos Olímpicos e todas as manifestações religiosas do politeísmo grego foram proibidos pelo imperador romano Teodósio I, após sua conversão ao cristianismo. Contudo, em 1896, os Jogos Olímpicos foram retomados em Atenas, por iniciativa do francês Pierre de Fredy, conhecido com o barão de Coubertin (veja mais 

Solidariedade minimiza drama de vítimas das chuvas no Nordeste do Brasil

Recife, PE ...[ASN] Uma semana depois das chuvas que provocaram a maior calamidade já provocada por uma enchente na história do Nordeste, as vítimas tentam retomar a vida. Não é uma tarefa fácil. Entre Pernambuco e Alagoas, exisem até o momento cerca de 60 mortos, mais de 600 pessoas desaparecidas, e mais de 100 mil desabrigados. Pessoas que perderam os bens, a casa, parentes, e que tentam ao menos manter a esperança.

Voluntários continuam se mobilizando para ajudar as vítimas. Representantes da Ação Solidária Adventista em Pernambuco montaram cozinhas de campanha na cidade de Barreiros, PE, onde atenderam, no sábado dia 26 de junho, pela manhã, mais de 200 pessoas com um café da manhã composto por munguzá, comida a base de milho e leite, e aipim.

Em Palmares, PE, o pastor adventista local, Semei Gondim, esforça-se para socorrer os desabrigados com comida e remédios. Junto com Henrique Alves, coordenador da solidariedade adventista em Pernambuco, ele está recebendo donativos – alimentos, roupas, água potável, entre outros – e distribui com as pessoas em abrigos improvisados em igrejas e escolas. As perdas materiais e econômicas nesta cidade são incalculáveis até o momento. As ruas estão desertas, energia elétrica e água foram restabelecidas apenas em alguns bairros.

De vários pontos do Estado, chegam os donativos. Em Recife, a igreja adventista do bairro de Boa Viagem se mobilizou e enviou para a zona da mata pernambucana um caminhão carregado de mantimentos e roupas. Em um congresso missionário realizado no sábado, em Olinda, PE, os fiéis fizeram uma campanha e recolheram a quantia de R$ 2,6 mil para a compra de donativos.
É grande a necessidade de colchões nos abrigos. Roupas, água potável e produtos de higiene pessoal também se destacam como emergência para as pessoas à espera de ajuda. O setor de filantropia da Igreja Adventista disponibilizou uma conta bancária para receber doações em dinheiro. Os dados são: Banco Bradesco, agência 3206-9, conta corrente 459103-8, em nome da União Nordeste Brasileira da Igreja Adventista do Sétimo Dia. [Equipe ASN, Heron Santana]


Felipe Lemos
Jornalista - Divisão Sul-Americana da Igreja Adventista do Sétimo Dia
felipe.lemos@adventistas.org.br / (61) 8121-1723 / (61) 3701-0911 - Voip 1117
www.portaladventista.org / www.esperanca.com.br
twitter.com/iasd

Comentários