A Corrida do Cristão

A cada quatro anos, atletas de diversas nacionalidades se reúnem num país previamente escolhido para disputar um conjunto de modalidades esportivas nos famosos Jogos Olímpicos. A bandeira olímpica representa a união de povos e raças, pois é formada por cinco anéis entrelaçados que indicam os cinco continentes e suas cores. Os gregos foram os precursores dos Jogos Olímpicos. Por volta de 2500 a.C. já faziam homenagens aos deuses. Mas foi somente em 776 a.C. que ocorreram pela primeira vez os Jogos Olímpicos de forma organizada. Quando os romanos invadiram a Grécia no século II, muitas tradições gregas, entre elas as Olimpíadas, foram deixadas de lado. Em 392 d.C., os Jogos Olímpicos e todas as manifestações religiosas do politeísmo grego foram proibidos pelo imperador romano Teodósio I, após sua conversão ao cristianismo. Contudo, em 1896, os Jogos Olímpicos foram retomados em Atenas, por iniciativa do francês Pierre de Fredy, conhecido com o barão de Coubertin (veja mais 

O desafio de conduzir uma apresentação

Muitas pessoas me perguntam como conduzir uma apresentação ou mesmo uma reunião maior. Aqui vão algumas dicas simples para você conduzir uma reunião com resultados:

• Comece sempre a apresentação com um “quebra-gelo” ou seja alguma coisa que deixe os participantes mais à vontade individualmente e entre os demais participantes;
o Um exemplo de quebra-gelo é a formação de grupos heterogêneos ou homogêneos, mas diferentes dos que foram espontaneamente formados pelos participantes;
o Outro exemplo é fazer logo um rápido “jogo” ou “brincadeira” em que todos se descontraiam e se relacionam com as demais pessoas presentes. Há um exemplo que sempre funciona. Ao invés de dar os “crachás” certos para os participantes, as pessoas recebem crachás de outras pessoas e devem procura-las para entregar o crachá e cumprimenta-las antes do início da reunião. As técnicas de “quebra-gelo” dependem da criatividade de cada coordenador e do tamanho e características do grupo;

• Quando fizer apresentações em PowerPoint coloque nas lâminas apenas as palavras principais que se refiram ao conteúdo. Nunca coloque textos longos. Use sempre letras grandes – as maiores que puder.

Evite gráficos, tabelas, etc. e quando eles foram inevitáveis, faça do maior tamanho possível e o mais simples possível;
• Sempre que possível, distribua cópias impressas das transparências. Para que os participantes prestem atenção à sua explanação, avise que as cópias serão distribuídas após a apresentação;

• Sempre depois de uma exposição procure fazer um trabalho em grupo para que as pessoas possam discutir o conteúdo da apresentação. Quando não há tempo para o trabalho em grupo, faça uma discussão aberta por alguns minutos para dirimir as dúvidas principais. Você ficará surpreso ao ver que as pessoas ficaram com dúvidas que você jamais imaginaria;

Lembre-se da importância da formação dos grupos. Atente para os seus “objetivos” para formar grupos homogêneos ou heterogêneos de acordo com cada caso;

• Quando usar um filme ou vídeo, faça após a apresentação um aprofundamento de seu conteúdo. Faça com que os participantes discutam os temas principais e reforce os conceitos que você quis passar com aquele documento audiovisual;

• Procure fazer um intervalo a cada duas horas, no máximo. A maioria das pessoas não consegue manter a concentração necessária por muito tempo;

• Termine a reunião sempre com alguma atividade que eleve o “astral” dos participantes. Nunca deixe uma reunião terminar “para baixo”. Lembre-se que a primeira impressão é fundamental para o desenvolvimento da reunião. Mas a última impressão é essencial para os resultados pós-reunião. Não se descuide disso. Os participantes devem ter uma “memória” positiva da reunião e isso dependerá muito de como ela terminar.
o Somente a criatividade determinará como terminar uma reunião. Isso dependerá novamente dos objetivos, da composição do grupo, etc.;

• E por último, sempre que possível, faça com que as pessoas saiam da reunião com uma “lembrança” material do evento. Um brinde qualquer com significado é fundamentalmente importante. Isso fará com que a reunião e seus objetivos sejam perpetuados. Escolha brindes que os participantes possam colocar sobre suas mesas, estantes, etc. Cuidado com brindes que são facilmente colocados numa gaveta ou doados a terceiros.

Com estas pequenas “dicas” acreditamos que você possa fazer uma apresentação com sucesso.

Boa apresentação!



PROF. LUIZ MARINS

Antropólogo. Estudou Antropologia na Austrália (Macquarie University/School of Behavioural Sciences) sob a orientação do renomado antropólogo indiano Prof. Dr. Chandra Jayawardena e na Universidade de São Paulo (USP), sob a orientação da Profa.Dra. Thekla Hartmann;

- Licenciado em História (Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Sorocaba); estudou Direito (Faculdade de Direito de Sorocaba); Ciência Política (Universidade de Brasília - UnB); Negociação (New York University, NY, USA); Planejamento e Marketing (Wharton School, Pennsylvannia, USA); Antropologia Econômica e Macroeconomia (Curso especial da London School of Economics em New South Wales) e outros cursos em universidades no Brasil e no exterior.   

Comentários