A Corrida do Cristão

A cada quatro anos, atletas de diversas nacionalidades se reúnem num país previamente escolhido para disputar um conjunto de modalidades esportivas nos famosos Jogos Olímpicos. A bandeira olímpica representa a união de povos e raças, pois é formada por cinco anéis entrelaçados que indicam os cinco continentes e suas cores. Os gregos foram os precursores dos Jogos Olímpicos. Por volta de 2500 a.C. já faziam homenagens aos deuses. Mas foi somente em 776 a.C. que ocorreram pela primeira vez os Jogos Olímpicos de forma organizada. Quando os romanos invadiram a Grécia no século II, muitas tradições gregas, entre elas as Olimpíadas, foram deixadas de lado. Em 392 d.C., os Jogos Olímpicos e todas as manifestações religiosas do politeísmo grego foram proibidos pelo imperador romano Teodósio I, após sua conversão ao cristianismo. Contudo, em 1896, os Jogos Olímpicos foram retomados em Atenas, por iniciativa do francês Pierre de Fredy, conhecido com o barão de Coubertin (veja mais 

Igreja é Instituição Que País Mais Confia

O Congresso Nacional lidera o ranking de descrédito junto à opinião pública, mostrou a pesquisa do Instituto Sensus, encomendada pela Confederação Nacional de Transporte (CNT).

Apenas 1,1 por cento dos entrevistados confia no parlamento brasileiro, pelo estudo realizado neste mês. O governo federal, como instituição, também é mal avaliado, e recebeu a confiança de 5 por cento dos entrevistados, melhor apenas que a polícia, com 3,4 por cento, e o Congresso.

A Igreja é a instituição mais confiável para os entrevistados, com 37,2 por cento das menções, seguida pelas Forças Armadas, com 16,5 por cento, Imprensa, com 11,2 por cento, e Justiça, com 9,5 por cento.

A pesquisa revela ainda que, para 90,9 por cento dos entrevistados, a percepção da violência aumentou. O percentual dos que apóiam a redução da maioridade penal, no entanto, caiu de 88,1 por cento em dezembro de 2003 para 81,5 por cento em abril de 2007. Os brasileiros que são contrários à redução da mioridade penal passaram de 9,3 por cento para 14,3 por cento. Outro tema abordado pela pesquisa foi o aquecimento global, do qual 70,9 por cento dos entrevistados dizem ter conhecimento. Desse total, 67,1 por cento acompanha o assunto "com muito interesse". Sobre quem tem mais responsabilidade nas causas do efeito estufa, 35,9 por cento apontaram os Estados Unidos, enquanto o Brasil aparece com 8,2 por cento das indicações.

O Instituto Sensus ouviu 2.000 pessoas em 136 municípios entre os dias 2 e 6 deste mês. A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais para cima ou para baixo.

Leia a notícia na íntegra (10/04/2007)
 

PR. MARCELO DIAS

Professor no Seminário Adventista Latino-Americano de Teologia. Pastor do distrito do Parque dos Trabalhadores da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Estudou teologia no Brasil e Administração nos EUA. Completou o MBA na Califórnia e cursa o Mestrado em Teologia em São Paulo. É casado com Ana Cláudia V. Mainer.  

Comentários