quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Natal e Papai Noel: o real significado para os cristãos

Texto: "Porque um menino nos nasceu, um filho nos foi dado, e o governo está sobre os seus ombros. E ele será chamado Maravilhoso Conselheiro, Deus Podero­so, Pai Eterno, Príncipe da Paz". Isaías 9:6

O significado do Natal atualmente está mais fundamentado em misticismo e oportunidades de lucros. Árvores de natal, anjinhos (não existem anjinhos), papai noel, girlandas, sinos, velas, gulodices e bebedices são dentre muitas coisas os símbolos do natal.

Numa propaganda de perfume foi afirmado: “a essência do natal é o perfume, mas não se esqueça de rezar!” Os valores estão invertidos e está na cara que o que mais interessa no natal para a maioria são os prazeres resultantes do dinheiro.

Entre as crianças e adolescentes, para não dizer os adultos, a questão é: o que você vai ganhar de Natal? Daí entra em cena o papai Noel (e hoje até a mamãe Noel). Cartinhas são escritas e o pai esconde o presente no dia de natal. Os presentes não são ruins, nem a imagem ou o personagem do papai noel, mas a mentira que às vezes envolve o natal. Um dia a criança cresce e descobre que papai Noel não existe (do jeito que é divulgado) e tudo foi fantasia, até o Deus que lhe foi ensinado.

Como comemorar o natal corretamente? Qual o real significado do natal para os cristãos? Por que 25 de dezembro? Quem foi o verdadeiro papai noel? E os Presentes?

I – 25 de dezembro

A verdade é que não sabemos o dia do nascimento de Jesus, mas sabemos que não é dia 25.

Mateus 2:1: Jesus nasceu antes da morte de Herodes e segundo os estudiosos, Ele deve ter nascido nos primeiros meses do ano. É interessante que os cristãos que viveram perto da era apostólica comemoravam “ora dia 6 de janeiro, ora 25 de março.” Enciclopédia Barsa.

II – Por que 25 de Dezembro?

Essa data foi fixada no ano 440, mas o primeiro natal foi em 325, em Roma. O objetivo era “cristianizar grandes festas pagãs realizadas neste dia: a festa mitraica (religião persa que rivalizava com o cristianismo nos primeiros séculos); que celebrava o natalis invicti solis (nascimento vitorioso do sol)”. Enciclopédia Barsa.

Portanto, 25 de dezembro é o dia do nascimento do deus Sol, deus mitra.

III – Árvore de Natal

De “origem germânica, datando do tempo de São Bonifácio. Foi adotada para substituir os sacrifícios ao carvalho sagrado de Odim, adorando-se uma árvore, em homenagem ao deus menino.” Enciclopédia Barsa.

IV – qual deve ser a nossa posição sobre essas coisas sabendo de sua origem?

1- Moderação: Nem condenar por completo os festejos natalinos, mas também não torná-los a ênfase do Natal.

2- Não colocar os presentes e as comidas como o fator principal e sim ofertar recursos para a causa de Deus.

3 – Cuidado com o consumismo: temos facilidade para gastar 50, 100, 1000 reais com presentes e festas, de acordo com as posses de cada um, mas QUANTO VOCÊ VAI OFERTAR PARA DEUS?

4 – Nunca mentir sobre Papai Noel, mas focalizar a bondade e o amor cristão.

Conselhos de E.G. W:

5 – Não devemos condenar a árvore de natal em si, mas usar os aparatos natalinos voltados a uma boa causa: Ex. colocar uma oferta especial na árvore de Natal; fazer uma limpeza no guarda-roupas para doar aos pobres.

O Lar Adventista, pág. 482 no tópico “Árvore de Natal com Ofertas Missionárias não é Pecado" afirma: "Não devem os pais adotar a posição de que uma árvore de Natal posta na igreja para alegrar os alunos da Escola Sabatina seja pecado, pois pode ela ser uma grande bênção. Ponde-lhes diante do espírito objetos benevolentes.”

6- Promover união familiar, irmãos na fé, e focalizar a Cristo.

7- Usar o contexto do Natal para pregar a Cristo e fazer boas obras.

Gálatas 6:10 : "Portanto, enquanto temos oportunidade, façamos o bem a todos, especialmente aos da família da fé".

Conclusão: Seja criativo para fazer do natal um bênção familiar e cristã. Em Tiago 1:27 temos o que é a verdadeira religião e o que deveria ser a verdadeira essência do natal: "Para Deus, o Pai, a religião pura e verdadeira é esta: ajudar os órfãos e as viúvas nas suas aflições e não se manchar com as coisas más deste mundo". (NTLH).

Agora você vai conhecer o verdadeiro Papai Noel e é uma excelente história de natal para você contar para seus filhos e ensinar para seus alunos e irmãos de fé:

Papai Noel, Santa Claus, Saint Nicholas, Peres Noel, Father Christmas, etc são nomes do Papai Noel. Vou contar a história verdadeira dele.

Em 300 d.C. viveu um garoto chamado Nicolas. Ele morava num pequeno país da Ásia Menor, chamado Lícia (Paulo já pregou em Lícia). Os pais de Nicolas, muito ricos, morreram quando ele tinha 9 anos. Em vez de ficar infeliz, decidiu ajudar às crianças órfãs pobres.

Ele arrumava maneiras criativas de dar seus presentes, e de preferência à noite. O anonimato era para as pessoas darem glórias a Deus.

Quando era adolescente ficou sabendo que um homem pobre tinha 3 filhas, e não tinha dinheiro para o dote delas, que era dado pelo pai da noiva ao noivo. Uma das irmãs resolveu se doar como escrava para pagar o casamento das outras irmãs. Nicolas soube da história e  então pegou o dinheiro que aquela família precisava e colocou dentro de uma sacola e jogou pela janela da casa.

E assim Nicolas ajudava as pessoas. Ele se tornou um bispo e vestia roupas vermelhas, como as da figura do papai noel que conhecemos hoje. Depois da morte de Nicolas, as pessoas resolveram imitar suas boas obras e dá presentes aos pobres.

Tenho certeza que Jesus ficaria muito feliz se como cristãos pudéssemos imitar Nicolas fazendo boas obras e ajudando as pessoas carentes neste natal. Mutirões, campanhas de brinquedos e ações pessoais para caridade revelam o verdadeiro sentido do natal.

Yuri Ravem
Mestre em teologia e pastor da Igreja Adventista em Sumaré - SP. Casado com Andressa, mestre em educação e pai do Yan.

Editor Associado do Blog Nisto Cremos

Twitter:@yuriravem

Face: yurieandressaravem

2 comentários:

  1. PARABÉNS,QUE SERMÃO MARAVILHOSO,SE VC NÃO SE IMPORTAR,VOU PREGA-LO NA MINHA IGREJA.JESUS ABENÇOE

    ResponderExcluir
  2. Muito boa explicação ,
    Deus o abençoe!!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...