sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Sermão de Casamento - "Compromisso"



I – ENTRADAS

A. Mestre de Cerimônia – Introdução.
B. Mestre de Cerimônia – Anuncia a entrada do Pastor Oficiante.
C. Mestre de Cerimônia – Anuncia a entrada das Testemunhas.
D. Mestre de Cerimônia – Anuncia a entrada do Pai do Noivo com a Mãe da Noiva.
E. Mestre de Cerimônia – Anuncia a entrada do Noivo com a sua Mãe.
F. Mestre de Cerimônia – Anuncia a entrada do Bíblia (Pajem).
G. Marcha Nupcial - Entrada da noiva com seu pai (Aias na frente).
H. Noivo Recebe a Noiva.

II – ORAÇÃO INICIAL

III – MENSAGEM MUSICAL

IV – SERMÃO (TÍTULO DO SERMÃO: COMPROMISSO)

Introdução:

Algumas pessoas acham desnecessário afirmar constantemente a expressão “Eu te amo”. E assim estabelecem critérios e datas para expressar o amor.

Para estas pessoas, expressar o amor é como usar um vestido de festa. É bonito, é sofisticado, mas somente para ocasiões especiais.

Tais casamentos baseados nesta premissa estarão fadados ao fracasso.

V - COMPROMISSO DE AMAR

Texto:

Filhinhos, deixemos de dizer apenas que amamos as pessoas; vamos amá-las realmente e mostrar isto pelas nossas ações. I João 3:18

Ilustração:

Uma mulher que se sentia muito infeliz no seu relacionamento conjugal visitou o seu advogado para pedir conselhos. “Estou muito magoada” ela disse, não aguento mais essa situação. Quero me separar. Mas quero fazê-lo de um modo que ele sofra muito, para me vingar de tudo o que passei.

O sábio advogado, depois de pensar um pouco respondeu: “Eu tenho uma ideia infalível. Durante três meses você vai fingir ser a melhor esposa do mundo. Sendo atenciosa, carinhosa, não reclamando de nada, elogiando sempre e fazendo tudo para agradá-lo. Quando ele estiver feliz pensando que os problemas acabaram, você pede o divórcio. Será um golpe mortal”.

A mulher saiu do escritório vibrando, pois finalmente encontrará uma maneira de devolver todo o mal que o marido lhe fizera.

Após cinco meses de visita dessa senhora o advogado telefonou para ela e disse: “Já passaram dois meses do prazo combinado. Venha para preparar os papéis do divórcio”.

Ela respondeu sorrindo: “Doutor, descobri nesses cinco meses um homem maravilhoso, por quem estou apaixonada e com quem quero viver o resto dos meus dias”.

Há um ditado que diz: trate seu cônjuge como um príncipe ou uma princesa e ele agirá como tal.

A. Para amar é preciso conhecer

1. Na prática o conhecimento acontece de maneira bem interessante: as pessoas apresentam o seu lado “bonitinho” primeiro
(1)    Ninguém é bobo de dizer logo de cara quais são seus maiores defeitos. Você não vai encontrar ninguém se apresentando como “preguiçoso”, “relaxado”, “desorganizado”, “de pavio curto”, “parcial”, “desafeto”, “traidor”, e coisas dessa natureza.
(2)    Ao contrario, é de se esperar que nos primeiros encontros, cada um se arrume, tome banho, coloque perfume, penteie o cabelo, escolha uma roupa apresentável, corte as unhas, limpe os sapatos, e escolha uma meia e roupas íntimas que não tenha furos. Ainda cada um procurará apresentar-se com boas maneiras, educados, gentis, sorridentes, sempre contentes, nunca deprimidos, entusiastas e animados.
(3)    É fácil “amar” estas coisas e qualidades. Qualquer pessoa aprecia estas características. E no início é isso que as pessoas mostram umas para as outras sendo necessário manter um pouco de precaução com estas primeiras impressões.
(4)    Como diz o ditado, “toda moeda tem dois lados”. E eu acredito que não é diferente na questão de relacionamentos e no desenvolvimento do amor.
(5)    Conhecer é o primeiro estágio no desenvolvimento do amor, e pode ser o único se o indivíduo não está disposto a ser honesto consigo mesmo e com os semelhantes e mostrar o “outro lado da moeda”. Todos têm, não existe ninguém perfeito, ainda que os apaixonados sempre achem que seus escolhidos são os seres mais perfeitos do universo, mas isso é fruto de uma distorção cognitiva que faz com que a realidade fique relegada a um segundo plano. O amor é mais racional do que muita gente pensa.

B) Para amar é preciso conhecer os dois lados da moeda

1. Analisar os dois lados é reconhecer o bonito e o feio

(1)    Para alguém realmente conhecer alguém ou algo, é necessário ter informação dos dois lados, saber o máximo possível tanto do lado positivo, quanto do negativo. Saber as limitações e as possibilidades. Conhecer os prós e os contras. Analisar o bonito e o feio de cada um, o bem e o mal, o lado construtivo e o destrutivo que cada ser humano tem.

2. Avaliação sobre a relação
(1)    Uma coisa interessante ainda sobre o conhecer, é que neste nível, é possível fazer um julgamento, de aplicar uma avaliação sobre a relação.

a)    É nesta fase que precisamos decidir se ela pegará as toalhas que ele deixará espalhadas pela casa ou não;
b)    Escolher se a maneira como ele ou ela trata os familiares como irmãos, irmãs, pai e mãe, será a maneira como você deseja ser tratado (a), pois dificilmente alguém muda seu jeito depois de casado. É possível, mas muito difícil;
c)    Se aceita alguém que vai dormir sem tomar banho;
d)    Que limpa o nariz na frente de qualquer pessoa ou situação;
e)     Decidir mesmo sobre aquelas manias que são privadas, particulares, que somente você e seu parceiro sabem;
f)    Ou aquela mulher amabilíssima que, no entanto, é completamente desorganizada. Quando começa a arrumar a casa mexe em todos os cômodos e no final do dia a casa está pior do que antes de ela “arrumar” a casa.

(2)    A esta altura você pode achar que estou exagerando, mas cada um destes exemplos e inúmeros outros, são de casos reais, de pessoas de verdade com problemas de casamento. Todos eles passaram pela faze do conhecer “cegos de amor” para estas coisas.

a) A maioria já sabia destes defeitos

(a)    Na maioria dos casos, os parceiros sabiam destes defeitos, ou limitações ANTES de chegarem ao altar. Mas acharam que poderiam mudar seus parceiros DEPOIS de casarem. Vocês já ouviram aquela famosa frase “depois de casar eu o coloco na linha?”

b) A base do amor está na aceitação

(a)    Talvez quem tenha dito que depois de casado colocaria o cônjuge na linha, esqueceu que esta é uma frase mentirosa. Sim...! Mentirosa por um motivo simples. A base do amor está na aceitação (que é o próximo verbo do amor), e querer mudar o outro é a própria negação da aceitação.
(b)    É como se um dissesse para o outro: não gosto de você deste jeito e para eu lhe aceitar existem condições. Quando isto acontece, a relação vira um contrato cheio de “Ses”. Exemplos: “Se você mudar nisto e naquilo, então ficaremos juntos”, “se estas e aquelas condições existirem então seremos felizes”, “mas se porventura as minhas condições não existirem então estou fora da relação”.

(c)    A Bíblia afirma em I Coríntios 13:5 que o verdadeiro amor não busca os seus próprios interesses.


VI - COMPROMISSO DE HONRAR

Texto:

Amem-se uns aos outros com afeição fraternal e tenham prazer de honrar uns aos outros. Rom 12:10

Ilustração:

Certo marido muito espirituoso, que gostava de brincar, costumava dizer para a sua esposa: “Querida você é tão linda!” E quando ela ficava toda feliz com o elogio, ele completava: “Pena que é tão burra!”

A esposa a princípio ficou sem ação, mas à medida que a brincadeira foi se repetindo, e algumas vezes até na presença doa amigos, ela se sentiu mais humilhada pelo marido e muito enganada.

Um dia em que ele repetiu a brincadeira costumeira, ela respondeu de sarcasmo: “Querido, sabe por que Deus me fez bonita? Para que você pudesse me escolher. E sabe por que fez burra? Para que eu pudesse escolher você!”

Esse marido não estava cumprindo o compromisso assumido no altar. Honrar significa tratar com consideração e com respeito. Honrar é tratar alguém com dignidade, colocar essa pessoa em posição de honra.

Mas honrar não é apenas na frente dos outros, mas na intimidade também. Se levarmos a sério a nossa responsabilidade de honrar a Deus, será mais fácil honrar o cônjuge também.


A) MANEIRAS DE HONAR A SUA ESPOSA

1. Perceba a sua esposa

(1)    É através da atenção que damos a uma pessoa, que demonstramos o valor que ela possui.

2. Respeite os sonhos e as limitações de sua esposa
(1)    Conheço muitas mulheres que abriram mão de seus sonhos para investir no marido.

3. Valorize a companhia de sua esposa
(1)    Separe momentos especiais.

B) MANEIRAS DE HONRAR O ESPOSO

1. Reconheça a sua autoridade

(1)    A melhor maneira de honrar a seu marido, é permitindo que ele assuma o lugar que Deus lhe designou: o cabeça da esposa. Mas isso jamais o torna superior.

2. Aceite as diferenças
(1)    Não fique tentando mudar o marido ou controlar a vida dele ou ficar o dia todo dizendo o que é certo ou que é errado.
(2)    Quando gastamos tempo pensando em como gostaríamos que o nosso cônjuge fosse, perdemos grande oportunidade de apreciar como ele é na realidade.

3. Seja uma auxiliadora
(1)    Conforme o livro de Gênesis, Deus criou Eva para ser uma auxiliadora idônea.

VII - COMPROMISSO DE PERDOAR

Texto:

“Sejam amáveis e prontos para perdoar; jamais guardem rancor. Lembrem-se que o senhor os perdoou, portanto vocês devem perdoar os outros.” Colossenses 3:13

A. O mundo não ensina a perdoar.

1. Entre todos os sentimentos que nos assaltam os sentidos todos os dias através das Novelas, Livros Românticos e Notícias em Geral, o que tem menor IBOPE no mundo atual é o perdão.
(1)    A Razão é bem simples: onde entra o perdão, acaba o conflito; e onde acaba o conflito, se desmantela a máquina satânica de fazer dinheiro com a desgraça.
(2)    Geralmente quando sofremos alguma injuria moral, traição de caráter pessoal ou financeiro, ou um desapontamento de ordem espiritual com outra pessoa, a maioria dos conselhos do mundo indica soluções que podem ser traduzidas em uma palavra só: Vingança. Não isso que apresentam os filmes?
(3)    Satanás tem destruído muitos lares que não conseguem ministrar o perdão por que o mundo ensina que a vingança é um prato que se como frio.


B. Aprenda a perdoar
 

1. Deus ensina o aprendizado do perdão:
(1)    Antes sede bondosos uns para com os outros, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo.  Efésios 4:32

Ilustração:

Uma senhora foi certa vez ao seu pastor, em grande amargura de espírito, levando nas mãos um punhado de areia molhada.

– O senhor está vendo o que é isto? – perguntou.
– Sim, é areia molhada.
– Mas o senhor não sabe o que ela significa, não?
– Não, não o posso dizer. Que significa?
– Sou eu – respondeu ela, chorando. – É a grande multidão dos meus pecados, que não podem ser numerados.
– Onde conseguiu essa areia? – perguntou o pastor.
– Lá em baixo, na praia.
– Volte lá – disse ele – e tome consigo uma pá. Ajunte um grande monte de areia e faça-o tão alto quanto possa. Então volte à beira da praia e fique observando o que vai acontecer quando a onda vier.

Dentro de uma hora ela voltou e relatou o seguinte:

– Pastor, a onda passou por sobre o monte de areia que fiz e levou-o completamente!
– É justamente assim – respondeu o pastor – quando pedimos ao nosso Pai celestial, por amor de Jesus, que nos perdoe os pecados.

Semelhantemente, podemos aprender com perdão de Cristo e aplicá-lo no relacionamento conjugal, removendo todo e qualquer obstáculo que impede um relacionamento sólido e duradouro.

C. Passos para o perdão

1. Reconheça o problema
(1)    Quando é necessário perdão?

a)    Quando sentimos que causamos uma ferida que quebra o relacionamento.
b)    Quando desejamos o mal aos outros.

2. Aceite a responsabilidade pelo seu comportamento
(1)    Reconheça que você está em falta. Você não poderá pedir perdão se não reconhecer seu próprio erro.
(2)    Não transfira a culpa dos seus próprios erros para os outros. A falha em não aceitar e assumir a responsabilidade pelos próprios erros incentiva a irresponsabilidade.

3. Ter uma atitude de perdão e arrependimento
(1)    “Desculpe-me” é uma palavra mágica, mas será que realmente quer dizer arrependimento?
(2)    Dizer “desculpe-me” não é o suficiente a menos que tenhamos uma ATITUDE de sincero arrependimento.

4. Lutar pela reconciliação
(1)    A reconciliação não acontece quando alguém diz: “Eu perdoo, mas não faça isso novamente”. “Você está perdoado, mas não confio mais em você”.
(2)    Estar pronto para a reconciliação somente se a outra pessoa tomar a iniciativa, prejudica o processo do perdão. 
(3)    Seja humilde e tome a iniciativa da reconciliação.

5. Esqueça
(1)    Lembrar erros passados atrapalha nossas expectativas para o futuro em relação à outra pessoa.
(2)    "Quando me fazem uma injúria – dizia Descartes procuro elevar tão alto a minha alma, que a ofensa não me pode atingir."

VIII - COMPROMISSO DE LUTAR

Ilustração:

Num dia de verão, estava na praia, observando duas crianças brincando na areia. Elas trabalhavam muito, construindo um castelo de areia, com torres, passarelas e passagens internas.

Quando estavam quase acabando, veio uma onda e destruiu tudo, reduzindo o castelo a um monte de areia e espuma.

Achei que as crianças cairiam no choro, depois de tanto esforço e cuidado, mas tive uma surpresa.

Em vez de chorar, correram para a praia, fugindo da água, Sorrindo, de mãos dadas e começaram a construir outro castelo...

Compreendi que havia recebido uma importante lição:

Gastamos muito tempo de nossas vidas construindo alguma coisa e mais cedo ou mais tarde, uma onda poderá vir e destruir o que levamos tanto tempo para construir.

Mas quando isso acontecer, somente aquele que tem as mãos de alguém para segurar, será capaz de sorrir!

Tudo é feito de areia; só o que permanece é o nosso relacionamento com as outras pessoas.

Portanto Sorria, e perceba ao seu redor quem realmente se importa com você e jamais se esqueça da criança que ao invés de chorar e desistir apenas reiniciou sua caminhada.

IX - VOTO MATRIMONIAL

1. Noivo

Diante de Deus e na presença destas testemunhas, toma você, esta mulher, como sua legítima esposa, para juntos viverem conforme as ordens de Deus no santo estado do matrimônio? Você a amará, confortará, honrará e protegerá, na doença e na saúde, na prosperidade e na adversidade; e, renunciando a todas as outras conservar-se-á somente para ela, enquanto ambos viverem?

2. Noiva

Diante de Deus e na presença destas testemunhas, toma você, este homem, como seu legítimo marido, para juntos viverem conforme as ordens de Deus no santo estado do matrimônio? Você o amará, confortará, honrará e protegerá, na doença e na saúde, na prosperidade e na adversidade; e, renunciando a todas os outros conservar-se-á somente para ele, enquanto ambos viverem?”

Havendo ambos feitos perante Deus e diante destas testemunhas mutuas promessas de afeto e de fidelidade, eu como ministro do evangelho e pela autoridade que a igreja adventista me confere em harmonia com a cerimônia civil já realizada, eu vos declaro marido e mulher. O que Deus uniu, ninguém tem o direito de separar.

X - ORAÇÃO - (BÊNÇÃO)

1. Ênfase da oração:

•    Para que a união seja uma bênção para os cônjuges, para a família, para a igreja e todos que entrarem em contato com eles.
•    Que o homem seja um esposo amoroso.
•    Que a mulher seja a esposa virtuosa.
•    Abençoar os futuros filhos.
•    Que o lar seja um local onde os anjos vivam constantemente.
•    Que Deus esteja em primeiro lugar em todas as decisões.
•    Pedir que Deus abençoe todos os casais presentes.

XI - MÚSICA - PAI NOSSO

XII - TROCA DAS ALIANÇAS

XIII - ASSINAR O LIVRO

XIV - MÚSICA FINAL

XV - APRESENTAÇÃO DO CASAL

XVI - BEIJO DO CASAL

XVII - CUMPRIMENTOS



PR. FÁBIO DOS SANTOS
Formado em Processamentos de Dados e Teologia no UNASP. Atualmente trabalha como Pastor da Igreja Adventista de Barretos-SP na Associação Paulista Oeste. Webmaster e Editor dos Blogs Nisto Cremos  e COMIASD

22 comentários:

  1. Excelente sermão Pr. Fabio. Espero que você não faça esse sermão em minha igreja, por que irei usá-lo (risos).

    ResponderExcluir
  2. Que mensagem linda. Mais que um sermão é uma mensagem de reflexão que eu estava precisando para se comprometer com meu casamento. Que Deus te ilumine e guarde e que o Blog Nisto Cremos continue sendo uma benção para todos nós.

    ResponderExcluir
  3. Respostas
    1. Entre em contato comigo através do nosso e-mail.

      Excluir
    2. Olá Rodrigo!
      Pode entrar em contato pelo formulário que fica no canto inferior esquerdo do Blog que eu te respondo!

      Excluir
  4. Adriana Figueiredo Pereira-Barra do Piraí -RJ
    Gostei tanto do sermão, que pregarei também ... que Deus possa abençoar todos que lerem ou escultarem este sermão, e que possa mudar suas vidas. amém...

    ResponderExcluir
  5. gostei muito desse sermao meu casamento estava precisando vou passar para sa outras pessoas para salvarem seus casamentos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deus seja louvado. Que Deus te use na pregação do evangelho!

      Excluir
  6. Excelente palavras de Deus aos que querem e a nós casados, muita das vezes esquecemos os votos matrimoniais.

    ResponderExcluir
  7. EU TOH PASSANDO UMA DIFICULDADE TÃO GRANDE NO MEU CASAMENTO, QUE EU JÁ PENSEI EM DESISTIR MAS DEPOIS DESSE SERMÃO. VOU COLOCAR DEUS EM PRIMEIRO LUGAR SÓ ELE TEM O PODER DE RESGATAR O MEU CASAMENTO.

    ResponderExcluir
  8. Amém. Confia ao SENHOR as tuas obras, e os teus desígnios serão estabelecidos. Provérbios 16:3.

    ResponderExcluir
  9. Que Deus continue te abençoando e capacitando cada dia mais nessa sua missão, excelente mensagem,gravei e com certeza vou usufruir dela.Fique na paz
    Pr. Roberto Alves

    ResponderExcluir
  10. Pastor Fabio gostei muito do material que Deus te deu sabedoria pra fazer,continue sendo um instrumento de benção nas mãos de Deus.shallom

    ResponderExcluir
  11. que Deus o abençoe pastor por acreditar na família, e com sua palavras inspiradas por Deus levar luz para o relacionamentos

    ResponderExcluir
  12. lindo sermão
    que Deus ti ajuda sempre pastor Fabio

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...