sexta-feira, 15 de julho de 2011

Para Sempre

Sermão para ocasião especial: Bodas

Título: Para Sempre

Texto: “Por acaso, duas pessoas viajam juntas, sem terem combinado antes?” Amós 3:3 (BLH).

Introdução:

A – Alguém, no passado, resolveu estudar os matrimônios e criar nomes honrosos e aleatórios para os anos de casamentos:
1 Ano – Bodas de Papel.
2 Anos – Bodas de Algodão
3 Anos – Bodas de Couro
5 Anos – Bodas de Madeira
7 Anos – Bodas de Lã
10 Anos – Bodas de Estanho
12 Anos – Bodas de Seda
15 Anos – Bodas de Cristal
20 Anos – Bodas de Porcelana
25 Anos – Bodas de Prata
30 Anos – Bodas de Pérola
35 Anos – Bodas de Coral
40 Anos – Bodas de Esmeralda
45 Anos – Bodas de Rubi
50 Anos – Bodas de Ouro
60 Anos – Bodas de Diamante
65 Anos – Bodas de Ferro
70 Anos – Bodas de Platina
75 Anos – Bodas de Brilhantes.

B – Bodas de Rubi

1 – 45 anos de convivência harmoniosa e feliz.
2 – Atualmente, bodas de prata, de esmeralda, de rubi, de ouro, e outras quaisquer, passaram a ser cerimônias raras.

a) Há um motivo para isso: De cada 3 casamentos 1 termina em separação. O casamento está em decadência.
b) Em segundo lugar, as bodas se tornaram umas cerimônias raras por causa da brevidade da existência humana.

(1) Para viver 45 anos casados é mister que o casal tenha ou esteja se aproximando dos 65 anos de idade.
(2) Isto é um privilégio.
- Uma estatística da Organização Mundial de Saúde: Em cada grupo de 100 pessoas, no mundo, só uma chegará aos 60 anos de idade.
(3) Se viver 60 anos é um privilégio, viver 45 anos ao lado de alguém que se ama é mais do que um privilégio - é uma felicidade.
(4) Outra estatística americana diz que os que se casam têm a probabilidade de viverem 6 anos a mais dos que decidiram viver sozinhos.
(5) O casal que se encontra sobre este altar está 45 anos junto comendo pitadas de sal.

a) Li, algures, o conselho de um experiente psicólogo a um casal que ia se casar: “Vocês, se quiserem viver juntos muitos anos, não comam todo o sal de uma vez. Comam de vagarzinho”.

(1) Muitos casamentos se acabam cedo porque os nubentes não têm paciência para comerem sal juntos, parcimoniosamente.
(2) Pastor Sidney e Dona Lurdineia estão comendo sal há 45 anos.
- Isto corresponde a 540 meses
- 2.160 semanas
- Isto corresponde a 15.200 dias.
- Sempre comendo sal.
- Juntos já consumiram várias sacas de sal.
- Não de uma vez, mas aos pouquinhos.

I – A UNIÃO NECESSÁRIA 

Amós 3:3 – “Andarão dois juntos se não estiverem de acordo?”.

A – Parafraseando as palavras de Amós, eu faço a pergunta: Andarão dois juntos por quarenta e cinco anos se não estiverem de acordo?

B – A felicidade e o bem-estar no matrimônio dependem da unidade de ambas as partes.

1 – É preciso que haja união das almas.
2 – Pode haver no matrimônio diferença de gênio, mas o espírito e o sentimento devem estar em harmonia.
3 – Muitos não levam para a associação matrimonial: alegria, bondade, paciência e bom senso e por isso o casamento desmorona.

a) As estatísticas dizem que o casamento que não acaba nos dez primeiros anos, tem grande possibilidade de chegar aos quarenta e cinco.
b) Um casamento que chega às bodas de rubi vai durar até a morte.
c) Dificilmente há separação após quarenta e cinco anos de casado.

C – Hoje são apresentadas muitas razões para a quebra do vínculo matrimonial, dentro as quais:

1 – Problemas financeiros, temperamentos diferentes, incompatibilidades diversas, egoísmo...
2 – Mas tudo isto são sintomas de uma só causa: A falta de conversão da esposa e esposo.
3 – Quando o homem está em paz com Deus e tem uma “Mente Amiga”, vive em paz com todos.

a) A lei da matemática. Propriedade comutativa:
“Duas quantidades iguais a uma terceira, estas quantidades são iguais entre si”.

(1)Se A é igual a B; e B é igual a C; logo C é igual a A.

b)Esta propriedade está presente na música:

(1)Na música se diz: Dois ou mais instrumentos musicais afinados pelo mesmo diapasão, eles estão afinados entre si.

c)Irmãos, esse princípio universal está presente na nossa relação com Deus e com o próximo. “Se duas ou mais pessoas que estão em paz com Deus, elas estarão em paz entre si”.
– Se o marido está em paz com Deus e a esposa está em paz com Deus, eles nunca vão brigar...
– “Andarão dois juntos se não estiverem de acordo?”

D – Jesus Cristo disse certa vez: “Em verdade vos digo, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, ali eu estou no meio deles”. (Mat. 18:20)

1 – Quando Jesus está num meio de uma relação, aí sim, vamos ter bodas de prata, bodas de rubi, bodas de ouro...

a) Só a morte é capaz de separar!...

II – O MISTÉRIO DO MATRIMÔNIO

A – Duas pessoas de lares diferentes, personalidades diferentes, gostos diferentes.

1 – Gen. 2: 18 – Disse mais o Senhor: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idônea.
2 – Gen. 2:24 – Por isso, deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne.

a) A fusão das personalidades.

Conclusão:

A – Amós 3:3 – Andarão dois juntos se não estiverem de acordo?

B – O meu desejo é que vocês continuem felizes!

C – Que o lar de vocês seja um pedacinho do céu aqui na terra.

D – Que esta união perdure por toda a vida, até que a morte os separe.

1 – Se a morte os separar, porém, que vocês possam ressuscitar para viverem juntos e para sempre ao lado de Jesus.
2 – Que Deus continue abençoando vocês. Amém!

Repetição do Voto Matrimonial

Visto que tu Sidney Sousa Nazareth
E tu Lurdineia Miranda Nazareth
Aqui viestes para este culto de gratidão pelos 45 anos de vosso casamento, podeis agora assinalar o vosso desejo de continuar unidos, dando-vos a mão direita.
Sidney Sousa Nazareth, queres continuar tomando esta mulher como tua legítima esposa? Prometes solenemente diante de Deus e destes convidados para estas bodas que irás continuar amando-a, honrando-a, protegendo-a na enfermidade e na saúde, na prosperidade e na adversidade e continuarás renunciando todas as outras mulheres e conservar-te-ás somente para ela, enquanto ambos viverdes?
Lurdineia Miranda Nazareth, queres continuar tomando este homem como teu legítimo esposo? Prometes solenemente diante de Deus e destes convidados paa estas bodas que irás continuar amando-o, honrando-o, protegendo-o na enfermidade e na saúde, na prosperidade e na adversidade e continuarás renunciando a todos os outros homens e conservar-te-ás somente para ele, enquanto ambos viverdes?

“Que o Senhor vos abençoe e vos guarde; que o Senhor faça resplandecer o Seu rosto sobre vós e vos sustenha com a Sua graça. Que o Senhor estenda a Sua proteção sobre vós e vos dê a paz, agora e para sempre”. Amém!

Pr. Emmanuel de Jesus Saraiva
Natural de São Luís – Ma. Formado em Teologia, Pedagogia e Letras. Autor de dois livros: “Memórias da África” e “A História do Adventismo no Maranhão”. Trabalhou como pastor em várias igrejas no Maranhão, dentre as quais a Igreja Central de São Luís. Foi departamental de Jovens e Educação nas Missões Costa Norte, Central Amazonas e Nordeste e diretor do Educandário Nordestino Adventista – ENA. Por seis anos foi missionário na África, como diretor do Seminário Adventista de Moçambique, onde lecionou várias disciplinas teológicas, dentre as quais Homilética e Oratória. Casado com a professora aposentada Nilde Fournier Saraiva. Tem duas filhas: Raquel e Léia. Trabalhou como pastor por 35 anos. Hoje, jubilado, mora em São Luís - MA e atua como Ancião da Igreja do Colégio Adventista de São Luís - CASL.     

1 comentários:

  1. Eu Amo esse casal, Pastor Sidney e Irmã Lurdineia! O Destino nos separou, tantos anos mais eu não esqueci. Como posso encontra los novamente? Ficaria muito Feliz em poder reve los. Meu nome é Francisca Fabiana Zellweger atual nome de casada) Antes, Francisca Fabiana de Jesus pinto.
    email. fabizell@yahoo.com.br

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...