quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Dia 04: Porta-Voz do Espírito

"O Espírito de Deus me fez, e o sopro do Todo-Poderoso me dá vida." Jó 33:4 RA

A Palavra de Deus (davar em hebraico) é tanto o que Ele fala como aquilo que Ele faz. Tudo o que Deus diz, Ele faz. E tudo o que Ele faz é a Sua Palavra para nós. Quando o Espírito de Deus vinha sobre o profeta no Antigo Testamento, o profeta (nabi) tornava-se um porta-voz da Palavra de Deus para o Seu povo. Às vezes, os profetas prediziam o que Deus faria, mas normalmente eles proferiam mensagens divinas de advertência, julgamento, exortação e edificação.

O Espírito Santo inspirou os profetas para falar a Palavra de Deus a outros. E nos dias de hoje, as pessoas movidas pelo Espírito também atuam como profetas. Elas proclamam e pregam a Palavra de Deus - ousadamente compartilham o que Deus tem a dizer para a nossa época e geração. Às vezes, o porta-voz divino pode proclamar o que Deus fará, se obedecermos ou não à Sua Palavra.

Através da história os profetas falaram a Palavra de Deus pela inspiração do Espírito Santo. Pedro escreveu, "Sobretudo, devem entender que nenhuma profecia da Escritura proveio dos próprios profetas, isto é, a profecia nunca foi originada pela vontade humana. Foi o Espírito Santo quem inspirou os profetas para falarem da parte de Deus" (2 Pedro 1:21).

Deus se auto-revela a nós de muitas maneiras. É através de sonhos, visões, circunstâncias, criação, pessoas, Escrituras, e etc., que o Espírito de Deus se comunica conosco. Como é que você tem escutado a voz do Espírito de Deus? Não tenha duvidas que o Espírito Santo continua a se comunicar conosco hoje!

Deus, através do Seu profeta Joel, nos afirma de Sua vontade de nos usar como o Seu porta-voz para os últimos dias: "Depois de ter derramado chuvas novamente, derramarei o meu Espírito sobre vocês todos! Os vossos filhos e filhas profetizarão; os vossos velhos terão sonhos reveladores e os vossos jovens, visões" (Joel 2:28). Contudo, antes de nos tornarmos mensageiros, precisamos receber a mensagem divina a ser proclamada. E para recebermos a mensagem, precisamos aprender a ouvir a voz do Espírito.

Para escutar a voz do Espírito de Deus é necessário que todas as outras vozes dentro de nós sejam silenciadas. Em 1 Reis, nós lemos que a voz de Deus é mansa e suave: "Depois do terremoto veio um fogo, mas o Senhor não estava no fogo. E depois do fogo veio uma voz calma e suave. Quando Elias ouviu a voz, cobriu o rosto com a capa. Então saiu e ficou na entrada da caverna. E uma voz lhe disse: O que você está fazendo aqui, Elias?" (1 Reis 19:12-13).

Para que sejamos capazes de ouvir a voz do Espírito Santo é necessário que desenvolvamos as disciplinas da obediência e do silêncio. Nós precisamos silenciar qualquer outra voz que concorre pela nossa atenção, seja ela interior ou ao nosso redor. O Espírito Santo se recusa a competir com qualquer outra voz ou distração em nossa vida. Ele requer nossa completa atenção.

Será que Ele tem o sua atenção? Que outras vozes tem lhe impedido de ouvir a voz do Espírito de Deus? Você está disposto a silenciar todas as outras vozes, incluindo o sua própria de modo que você possa ouvir o Espírito Santo falando em sua vida?

"Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus; sou exaltado entre as nações, sou exaltado na terra (Salmo 46:10).

Se nós desejamos conhecer o Espírito de Deus, precisamos parar e aguardar para ouvi-Lo. A nossa programação diária nos permite passar tempo na presença do Espírito Santo? Pense na sua agenda diária. Quando é que você tem tempo para se acalmar e estar em silêncio? Para ouvir o Espírito Santo precisamos abandonar as nossas preocupações terrenas e nos afastar de qualquer distração. Fique sozinho com o Espírito de Deus. Aprofunde-se na Palavra de Deus. Ore intensamente e constantemente. Aguarde para ouvir a Sua voz.

Primeira Semana: O Sopro e o Vento de Deus!


PR. DOUGLAS W. PEREIRA

Diretor de Operações e Evangelismo do Está Escrito Canadá. Formado em teologia e administração de empresas e com mestrado na área de liderança. É casado com Rebeca Foffa Stina Pereira e desde de janeiro de 2007 vive em Oshawa, Canadá.

1 comentários:

  1. Que a Luz do Senhor Jesus o Cristo esteja sobre nós.
    “Ao inicio do tempo de angustia fomos cheios do Espirito Santo ao sairmos para proclamar o sábado mais amplamente.” Primeiros Escritos Pág:85
    Para recebermos a chuva serôdia, temos que receber diariamente a chuva temporã e para isso temos que morrer diariamente para o próprio eu, consentindo que o Espírito Santo purifique e transforme nossas vidas.
    “Podemos estar certos de que quando o Espirito Santo for derramado, os que não receberam nem apreciaram a chuva temporã, não verão nem compreenderão o valor da chuva serôdia.” Testemunhos Para Ministros,Pág:399.
    “Mas não se deve negligenciar a graça representada pela chuva temporã. Só os que estiverem vivendo de acordo com a luz que tem recebido poderão receber maior luz. A não ser que nós estejamos desenvolvendo diariamente na exemplificação das ativas virtudes cristãs, não reconheceremos as manifestações do Espírito Santo na chuva serôdia. Pode ser que ela esteja sendo derramada nos corações ao nosso derredor, mas nós não a discerniremos nem a recebe mos.” Testemunhos p/ Ministros,Pág.507.
    “Foi me mostrado o povo de Deus esperando que ocorresse alguma mudança, que um compulsivo poder deles se apoderasse. Mas ficarão decepcionados, pois estão em erro. Precisam agir, precisam lançar por si mesmo mão ao trabalho, e clamar fervorosamente a Deus por um genuíno conhecimento de si próprio. As cenas que estão passando diante por nós, são de magnitude suficiente a fazer-nos despertar, levando insistentemente a verdade ao coração de todos os que quiserem escutar.” Testemunho Seleto Vol.1, Pág 88.
    “Cumpre-nos remediar os defeitos de caráter, purificar de toda contaminação o templo da alma. Então a chuva serôdia cairá sobre nós.
    É agora que devemos lavar as vestes de nosso caráter tornando-as alvas no sangue do Cordeiro. Agora é que devemos vencer o orgulho, as paixões e a indolência espiritual. Agora é que devemos despertar e fazer decididos esforços para dar simetria ao nosso caráter”. Testemunho Seleto, Vol. 2,Pág. 69, 70 e 71.
    “Se o povo de Deus não fizer qualquer esforço de sua parte, mas esperar que lhe sobrevenha o refrigério para remover suas faltas e corrigir seus erros; se dependerem disso para serem purificados da impureza da carne e do espirito, e para serem habilitados a se empenhar no alto clamor do terceiro anjo, serão achados em falta.” Test. for the Church vol.1,Pág619.
    Shalon...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...