terça-feira, 9 de novembro de 2010

17 comentários:

  1. Dificil para mim é aceitar que peco porque sou pecador. Eu sou culpado do pecado porque escolho pecar. Se o pecado fosse mais forte que eu, eu não teria escolha, nunca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pecamos porque herdamos dos nossos pais a tendência para pecar. Nossos pais não são perfeitos e não podem dar aos filhos, pela lei da hereditariedade o que eles não tem (a perfeição). Sem Cristo estaríamos perdidos. Com Cristo, fazendo a vontade de Deus, submetendo a minha vontade a dEle, adquiro o poder de fazer escolha e o pecado perde a sua força... A perfeição que se busca não é o poder para não pecar, mas a justiça de Cristo, que nos livra das consequências do pecado...Então, a perfeição não é a impossibilidade de pecar, mas o caminhar com Cristo, andar com Ele em todos os momentos. Aí fica difícil pecar...

      Excluir
  2. O eu nao entendi..a Igreja acredita nas duas NAturezas? como assim...pode as duas ficar juntas na igreja? me explica no proximo comentario...
    queroasverdades@bol.com.br

    ResponderExcluir
  3. Honestamente fiquei perplexa! Houve um barulho danado por conta deste assunto e de repente, o conceito "pós" passou a ser complementar do "pré" e vice-versa?!? O arrazoado deixou a desejar, pois simplesmente parece um jogo de palavras. Não sendo ofensiva eu apenas questiono: E quanto às atitudes tomadas em relação a membros da igreja por conta de sua postura no tocante a este assunto, haverá uma retratação? Isto está me lembrando muito a história do velho Jonh Huss...

    ResponderExcluir
  4. Honestamente fiquei perplexa! Houve um barulho danado por conta deste assunto e de repente, o conceito "pós" passou a ser complementar do "pré" e vice-versa?!? O arrazoado deixou a desejar, pois simplesmente parece um jogo de palavras. Não sendo ofensiva eu apenas questiono: E quanto às atitudes tomadas em relação a membros da igreja por conta de sua postura no tocante a este assunto, haverá uma retratação? Isto está me lembrando muito a história do velho Jonh Huss...

    ResponderExcluir
  5. é muito claro a posição do Espírito de Profecia sobre a natureza de Cristo:

    1. “Cristo é chamado o segundo Adão. Em pureza e santidade, unido com Deus e amado por Deus, Ele começou onde o primeiro Adão começou Ele cruzou o chão onde Adão caiu, e redimiu o fracasso de Adão.” Youth’s Instructor, June 2, 1898.

    2. “Ele venceu Satanás na mesma natureza sobre a qual no Éden Satanás obteve a vitória.” Youth’s Instructor, June 2, 1898.

    3. “Ele devia tomar Sua posição como cabeça da humanidade, mas não a pecaminosidade do homem.” Signs of the Times, May 29, 1901.

    4. “Sede cuidadosos, extremamente cuidadosos quanto a como vos ocupais com a natureza humana de Cristo. Não O coloqueis diante do povo como um homem com propensões para o pecado.” SDABC, vol. 5, págs. 1128 e 1129, Carta 8, 1895

    5. “Ele é o segundo Adão. O primeiro Adão foi criado puro, impecável, sem uma mancha de pecado sobre si; ele era a imagem de Deus.” SDABC, vol. 5, págs.1128 e 1129. Carta 8, 1895

    6. “Nem por um momento existiu nEle uma propensão má.” SDABC, vol. 5, págs. 1128 e 1129. Carta 8, 1895.

    7. “Nunca de forma alguma, deixeis a mais leve impressão sobre mentes humanas de que uma mancha, ou corrupção, ou inclinação para a corrupção se apegou a Cristo.” SDABC, vol. 5, págs. 1128 e 1129. Carta 8, 1895.

    8. “Que cada ser humano seja advertido contra a idéia de tornar Cristo totalmente humano tal como um de nós; isto não pode ser.” SDABC, vol. 5, págs. 1128 e 1129. Carta 8, 1895.

    9. “Cristo não tinha natureza pecaminosa.” ST, 29 de maio de 1901.

    10. “Cristo não tinha a mesma deslealdade pecaminosa, corrupta e decaída que nós possuímos.” Mensagens Escolhidas, vol. 3, p. 131

    11. “Deus enviou um Ser sem pecado.” Mensagens Escolhidas, vol. 3, p. 132

    12. “Ele nunca teve doença em Sua própria carne.” Mensagens Escolhidas, vol. 3, p. 133

    13. “Não havia nEle nenhuma mancha de pecado.” Mensagens Escolhidas, vol. 3, p. 134

    14. “Ele era sem pecado. A virtude e pureza caracterizavam Sua vida.” Mensagens Escolhidas, vol. 3, p. 134

    ResponderExcluir
  6. Thiago, se você peca por escolha, você pode ser perfeito, daí você não precisa de Cristo, vence o pecado por si mesmo. Por isso essa idéia é tão ofenciva!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe ams nao concordo com voce, memsoqn ue alguem decida nao pecar mais nao resolve o problema do pecado ja cometido antes, soMENTE CRISTO PODE RESOLVER PECADOS DO APSSADO E NOS CHAMA A NAO PECAR MAIS POIS A PRATICA DE PECADOS CONHECIDOS LEVA A PESSOA A NAO SE ARREPENDER VERDADEIRAMENTE E NAO TERA PERDAO

      Excluir
  7. 1. “Cristo é chamado o segundo Adão. Em pureza e santidade, unido com Deus e amado por Deus, Ele começou onde o primeiro Adão começou Ele cruzou o chão onde Adão caiu, e redimiu o fracasso de Adão.” Youth’s Instructor, June 2, 1898.

    2. “Ele venceu Satanás na mesma natureza sobre a qual no Éden Satanás obteve a vitória.” Youth’s Instructor, June 2, 1898.

    3. “Ele devia tomar Sua posição como cabeça da humanidade, mas não a pecaminosidade do homem.” Signs of the Times, May 29, 1901.

    4. “Sede cuidadosos, extremamente cuidadosos quanto a como vos ocupais com a natureza humana de Cristo. Não O coloqueis diante do povo como um homem com propensões para o pecado.” SDABC, vol. 5, págs. 1128 e 1129, Carta 8, 1895

    5. “Ele é o segundo Adão. O primeiro Adão foi criado puro, impecável, sem uma mancha de pecado sobre si; ele era a imagem de Deus.” SDABC, vol. 5, págs.1128 e 1129. Carta 8, 1895

    6. “Nem por um momento existiu nEle uma propensão má.” SDABC, vol. 5, págs. 1128 e 1129. Carta 8, 1895.

    7. “Nunca de forma alguma, deixeis a mais leve impressão sobre mentes humanas de que uma mancha, ou corrupção, ou inclinação para a corrupção se apegou a Cristo.” SDABC, vol. 5, págs. 1128 e 1129. Carta 8, 1895.

    8. “Que cada ser humano seja advertido contra a idéia de tornar Cristo totalmente humano tal como um de nós; isto não pode ser.” SDABC, vol. 5, págs. 1128 e 1129. Carta 8, 1895.

    9. “Cristo não tinha natureza pecaminosa.” ST, 29 de maio de 1901.

    10. “Cristo não tinha a mesma deslealdade pecaminosa, corrupta e decaída que nós possuímos.” Mensagens Escolhidas, vol. 3, p. 131

    11. “Deus enviou um Ser sem pecado.” Mensagens Escolhidas, vol. 3, p. 132

    12. “Ele nunca teve doença em Sua própria carne.” Mensagens Escolhidas, vol. 3, p. 133

    13. “Não havia nEle nenhuma mancha de pecado.” Mensagens Escolhidas, vol. 3, p. 134

    14. “Ele era sem pecado. A virtude e pureza caracterizavam Sua vida.” Mensagens Escolhidas, vol. 3, p. 134

    ResponderExcluir
  8. O Pr. Timm ao escrever esse material mostrou claramente na Bíblia por que a IASD defende a posição pré-lapsariana da natureza Espiritual de Jesus. Gostei muito!

    ResponderExcluir
  9. Ta mas uma coisa, Ellen White nao diz que Nosso Carater nao vai mudar na 2 vinda cristo, que o corpo vai ser transformados mas nosso carater nao.....puxa vida como podemos continuar a pecar ate o final do mundo...precisamos ou nao de uma perfeicao de carater??? Pois ate 1950 acreditava se assim "" Pos-lapseriano"" por que mudou??? Ixi tem uma coisa muito errado aew povo adventista...ainda bem que n~ao sou mas pretendia ser... Que DEUS continue os iluminaNDO e que vcs tem a humildade de reconhcer seus erros... Pois o Senhor vai cobrar de vcs..ahhhh vai...

    ResponderExcluir
  10. Fábio passei para conhecer seu blog ele é not°10, show, fantástico, muito maneiro com excelente conteúdo você fez um ótimo trabalho desejo muito sucesso em sua caminhada e objetivo no seu Hiper blog e que DEUS ilumine seus caminhos e da sua família
    Um grande abraço e tudo de bom

    ResponderExcluir
  11. Eu não entendo porque muitos acham que dizer que "Cristo veio com a natureza pós-lapsariana" = "Cristo tinha natureza pecaminosa". Uma coisa é você ter a dificuldade de estar a cada minuto lutando contra o pecado, outra coisa é você cair no pecado.

    Como Cristo pode ser meu exemplo de perfeição se eu nunca chegarei a ser como Ele? Obviamente já pequei, mas creio que um dia será possível não pecar mais! Imitar a Jesus em todos os Seus passos, é isso que Ele pede de mim!

    Respondendo ao que disse:

    "Thiago, se você peca por escolha, você pode ser perfeito, daí você não precisa de Cristo, vence o pecado por si mesmo. Por isso essa idéia é tão ofenciva!"

    Para escolher não pecar e chegar à perfeição é essencial ter a companhia de Cristo! Por isso essa idéia não deveria ser tão ofensiva!

    ResponderExcluir
  12. O que está acontecendo é a APOSTASIA ÔMEGA vindo com toda sua força demoníaca tentando jogar a divindade de Jesus no chão, fazendo que pensemos ser Ele totalmente humano com natureza pecaminosa. Sou adventista a 22 anos e vejo os menos estudiosos se arrebentarem nas mãos de satanás. Cristo tinha natureza pré-lapsariana, é Deus, imortal, não criado, onisciente, onipotente e onipresente, é totalmente Deus. A doutrina pós lapsariana derruba a divindade e a trindade. É isso que satanás quer,e os menos avisados vão se perder mergulhados nessa onda satânica da não divindade de Jesus. Impossível a divindade se tornar totalmene humano como nós. Precisamos de Jesus pq sem Ele nada podemos fazer. SJ 15:5. Atentem para o a opinião oficial da iasd com que o Pr. Tim escreve.

    ResponderExcluir
  13. Tudo o que afeta o corpo afeta a mente do homem. “O cérebro é a capital do corpo, a sede de todas as forças nervosas e da ação mental. ”MM 1989/1953 – pág. 148 – EGW. Era na mente de Cristo que a batalha no deserto da tentação se desenvolvia, mas o veículo para chegar à mente Dele era “as avenidas da alma” os cinco sentidos. Ali se desenvolveria a batalha pela redenção da humanidade. Se Cristo tivesse natureza pecaminosa intrínseca estaria perdido pq não importava a força que fizesse para não pecar, iria pecar incondicionalmente, pois essa é a desgraça do pecado, uma vez a pessoa infectada não há cura, a não ser extirpá-lo na segunda morte. Nós estamos lidando aqui com o pecado que é um mistério que só Deus pode entender, nem satanás o entende e jamais o poderá entender tamanha sua malignidade. Pelas avenidas da alma satanás tentou acesso à mente de Cristo, na encarnação não houve acesso a mente de Cristo, não podia, pois o Ente era Santo, Maria não transmitiu a natureza pecaminosa humana para o Feto, mas sim sua hereditariedade tais como, cansaço, fome, etc...
    O Espírito Santo autor da encarnação preservou o feto, tinha de ser assim, caso contrário não haveria resistência ao pecado, pois a Criança nasceria pecador incondicional.
    Há muitos espíritos que jamais entenderão isso, pois não creem em Jesus divino, na Trindade.
    Portanto, a luta é a mesma que Cristo tinha no deserto da tentação, vencer a batalha na mente através das avenidas da alma. Posso vencer como Cristo venceu, mas com uma condição: preciso de Cristo para vencer o pecado e não pecar mais, pois estou infectado com o pecado e a natureza pecaminosa só vai ser arrancada completamente de minha pessoa na “chuva serôdia” quando receberei a plenitude do Espírito Santo, tenho de me preparar em Cristo Jesus e pedindo mais e mais da presença de Seu Santo Espírito dentro de mim. Posso vencer o pecado completamente, mas isso é um processo com a ajuda do Salvador, estou infectado com o pecado, Cristo não, estou doente por causa do pecado, Cristo não. Preciso obedecer as ordens de meu Salvador para vencer o pecado, pois Cristo me salva do pecado e não no pecado, isso não é justiça própria, pois mesmo vencendo o pecado não tenho direito a vida eterna, não sou justo, passo a ser justo pelo sacrifício e pela vida santa de Jesus em meu lugar, visto que a prova de tudo isso é o meu proceder, minha nova vida em Cristo Jesus, haja visto que “a fé sem obras é morta” e é necessário sempre uma prova de que a pessoa está justificada e a prova é a obediência por amor ao Salvador Jesus Cristo. Queiram ou não, gostem ou não, é assim que funciona e Paulo o apóstolo disse “Cristo vive em mim” e esse é o segredo, não sou eu quem faz nada, é Cristo com o meu consentimento, é a operação divino humana na santificação. O que os defensores da pós lapsariana desejam, é fazer tudo sozinhos, eliminando o Salvador. Ridículo, lutam contra a igreja na qual foram batizados, e envergonharem a “menina dos olhos de Jesus”, achando que a IASD por um momento irá ceder ás pseudo verdades que tentam inculcar na mente dos incautos. . Tenho dito. (Charles A. Weber Filho. Xalito35@hotmail.com)

    ResponderExcluir
  14. Com o pecdo vc não luta, pois a luta está perdida para vc. Vc tem que lutar para estar com Cristo e em Cristo vencer o pecado. Cristo não tinha nem um resquício de pecado, impossível isso. Sua natureza éra PRÉLAPSARIANA, haja visto que as duas naturezas, a divina e a humana não estavam separadas nele, estavam amalgamadas, indissolúveis, impossível separa-las, uma vez sendo possível separa-las acreditaríamos na doutrina espírita da transmigração da alma e isso é contra producente no plano da salvação e em qualquer plano. Com a indissolubilidade das natureza divino-humana, o pecado não infectaria só a natureza humana de Cristo, mas infectaria também a natureza divina, o que seria a HERESIA DAS HERESIAS, tornar a divinda pecadora, visto que esse era o plano diabólico de Lúcifer. Aonde chega o pecado e sua terribilidade, TORNAR A DIVINDADE PECADORA, impossível isso, inimaginável, mas os que esposam a doutrina da natureza póslapsariana não sabem aonde pode chegar o pecado e suas consequencias tal qual satanás no Céu o fez. (Charles A Weber Felho. Xalito35@hotmail.com)

    ResponderExcluir
  15. Ola amigos, vejo que todos aqui gostam de estudar.
    Quero sugestionar a leitura de:
    1- O Desejado de Todas as Nações. (EGW)
    2-Caminho a Cristo.(EGW)
    3- Maior Discurso de Cristo.(EGW)
    4- Parábolas de Jesus.(EGW)
    5- Tocado Por Nossos Sentimentos. (Pr Jean R. Zurcher)
    6- Face a Face com o Real Evangelho. (Pr Denis Priebe)
    7- A mensageira do Senhor. ( Pr Hebert Douglas)
    8- A Bíblia.
    As pessoas somente serão felizes se usarem a Palavra para vencer as tentações.
    " Nem só de pão vive o homem mais de toda a Palavra que sai da boca de Deus." Mateus 4:4

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...