sexta-feira, 10 de abril de 2009

Jesus Cristo está vivo

SERMÃO

Texto: Apocalipse 1:17-19

Introdução:


A – O texto de nossas considerações encontra-se no livro do Apocalipse.

1 – O livro foi escrito por João, quando a Igreja cristã primitiva passava pelas suas primeiras crises teológicas e espirituais:

a) Os Nicolaítas solapavam os fundamentos da igreja, impondo suas próprias idéias e exercendo domínio sobre o povo.
b) Os Ebionitas negavam a divindade de Cristo, Sua preexistência, Sua encarnação, Seu nascimento virginal, Seus milagres, Sua ressurreição e Sua volta.
c) Os Gnósticos, à semelhança dos dois anteriores, ensinavam doutrinas contrárias às ensinadas por Jesus e seus discípulos.

2 – Todos os discípulos de Jesus já estavam mortos, exceto um: João, o autor do livro.
3 – O livro é chamado de Apocalipse por ser “A Revelação de Jesus Cristo”.

B – O Fundo histórico da vida de João, o autor do livro.

1 – João foi um dos discípulos de Jesus – o que mais se aproximou do seu Mestre.

a) Viveu durante três anos intensamente ao Seu lado.
b) Ouviu os Seus belos sermões e apreciou os Seus grandes milagres.
c) Quando Jesus morreu, ele acompanhou de perto o Seu julgamento e Sua morte e se responsabilizou de cuidar de Sua mãe, a pedido de Jesus.
d) Foi o único discípulo de Jesus que teve morte natural, já que todos os outros foram executados de diferentes formas, tais como: crucificado, degolado, enforcado, esfolado vivo, jogado do pináculo do templo abaixo e muitas outras maneiras.

(1) João, porém, morreu de senilidade, em Éfeso, onde viveu o restante de seus dias.
(2) Com a morte de Cristo, João, como os demais discípulos, se tornou um pregador da mensagem da cruz.

2 – Embora se diga que teve morte natural, isso não quer dizer que não tenha sido perseguido, nem passado por aflições.

a) Foi perseguido, sim, por causa de sua fé.
b) A princípio, esteve preso na cidade de Éfeso.
c) A tradição diz que foi lançado num tacho de azeite quente. Nada aconteceu com João. Ficou dentro do caldeirão como se estivesse tomando banho num rio.

3 – Depois disto, foi exilado para ilha de Patmos, onde esteve à disposição das feras que habitavam a ilha.
a) Foi lá que recebeu visões, às quais fez escrever o livro de Apocalipse. Dentre muitas visões está “A Visão do Cristo Glorificado”. Nesta visão, ele recebeu uma mensagem: “Na temas; eu sou o primeiro e o último. E aquele que vive; estive morto, mas eis que estou vivo pelos séculos dos séculos e tenho as chaves da morte e do inferno”. (Apocalipse 1:17 (últ. parte) e 18)

C – O livro do Apocalipse nos mostra um Cristo vivo.

1 – Hoje, Cristo está vivo e tem o mesmo poder dos seus três anos de ministério.

a) Durante a Semana Santa, muitos cristãos se preocupam com a crucificação de Jesus. O Cristo crucificado e morto, porém, não existe mais.

D – JESUS CRISTO ESTÁ VIVO.

1 – Eis o motivo pelo qual Ele ainda hoje é perseguido e rejeitado pelos céticos, ateus e agnósticos em nossos dias. Qual será o motivo por que muitos se levantam contra a pessoa dEle?
2 – Porque Ele está vivo.

a) Ninguém persegue ou odeia um morto.

(1) Aliás, quando alguém morre, deixa de ser odiado. Muitos só passam a ser bons depois que morrem...
(2) Hoje, ninguém persegue Nero, o cruel imperador romano que mandou matar a sua mãe, incendiou Roma e perseguiu os cristãos. Ninguém persegue Nero porque ele está morto.
(3) Ninguém persegue Adolf Hitler, o ditador alemão, principal responsável individual pela II Guerra Mundial, na qual morreram cerca de 60 milhões de pessoas. Muitos creem e dizem que ele se matou. Não é mais perseguido. Ele não é mais procurado e perseguido, porque todos acreditam que ele morreu.
(4) Ninguém persegue Josef Stalin, ditador soviético que instaurou um regime de terror, que matou cerca de 12 milhões de pessoas que se opunham ao seu regime. Quando Stalin morreu, de derrame cerebral, em 1953, deixou de ser odiado e perseguido.
(5) Ninguém persegue Adolf Eichmann, o alemão que foi o principal responsável pelo processo de execução que matou milhões de judeus na Segunda Guerra Mundial. Eichmann foi julgado e condenado à morte em Israel, em 1962. Depois de enforcado, ninguém mais se preocupou com ele.
(6) Ninguém persegue Gustav Franz Wagner, o carrasco nazista de Sobibor, na Polônia; nem tampouco Josef Mengele, famoso médico alemão, considerado o Anjo da Morte no campo de concentração de Auschwitz. No momento em que ficou comprovado que eles morreram, aqui no Brasil, deixaram de ser procurados no mundo.
(7) Ninguém mais se preocupa com Mao Tse Tung, o sociopata cruel e oportunista que levou a China a viver um período sem precedente na história da humanidade em nome da causa socialista. Dizem que mandou matar mais de 77 milhões de chineses. Demorou muito tempo, mas o seu dia finalmente chegou.
(8) Ninguém persegue Virgulino Ferreira da Silva – Lampião Rei do Cangaço. No momento em que foi assassinado, deixou de ser perseguido pela polícia.
(9) Ninguém persegue Ernesto Che Guevara. Ele foi morto na Bolívia.
(10) Ninguém persegue Saddam Houseim. Ele foi morto enforcado e visto por todos os homens.
(11) Osama bim Laden? Ah! Esse ainda é procurado porque ninguém sabe do seu paradeiro, mas no dia que se souber de sua morte ninguém mais vai persegui-lo.

– Todos os que morreram estão no esquecimento.

3 – Mas Cristo está vivo.

4 – Eis o motivo por que Ele é odiado e perseguido por:

a) Ateus. Racionalistas, Iluministas e aqueles que rejeitam tudo o que tem a ver com a fé cristã.
b) Pseudoteólogos, que se dizem cristãos, mas rejeitam Sua divindade, Sua preexistência, Sua encarnação, o Seu nascimento de uma virgem, Seus milagres Sua ressurreição, Sua volta a este mundo outra vez para buscar o seu povo.
c) Eis o motivo por que foi perseguido pelo comunismo, durante muitos anos.

– Tudo isto porque Cristo está vivo.

E – Os grandes homens deste mundo todos estão mortos.

1 – Se fizéssemos uma viagem de turismo pelo mundo, encontraríamos os túmulos dos grandes homens.

a) França – Napoleão.
b) Estados Unidos:
– Abraham Lincoln, George Washington, John Kenned.
– Tiago White e Ellen White, no cemitério de Oak Hill em Battle Creek – Michigan.
c) Medina, na Arábia – Está o túmulo de Maomé, o fundador do Islamismo.
d) China – O túmulo de Confúcio.
e) Índia – Ainda hoje existem as relíquias de Buda.
f) No Vaticano – O túmulo dos Papas: Pio X, Pio XII, João XXIII, João Paulo II, e outros.
g) Na Suíça e Alemanha podemos encontrar o túmulo dos reformadores protestantes: Lutero, Calvino, Zuinglio e outros.
h) Portugal - O coração de D. Pedro.
i) Brasil:
– Rio Grande do Sul – O túmulo de Getúlio Vargas, em São Borja.
– Fortaleza, Ceará – Masuleu de Castelo Branco.
– Brasília – O túmulo de Juscelino Kubitschek.
– São João Del Rei, MG – O túmulo de Tancredo Neves.

2 – Nesta viagem, vamos à Terra Santa, Jerusalém, hoje, dentro da cidade, lá existe uma sepultura aberta, de propriedade de José de Arimateia, uma sepultura cavada na rocha.

a) A sepultura está vazia. Lá dentro só existe uma cama e um lençol bem dobrado. Se você entrasse lá, talvez na saída encontrasse um anjo de plantão que, quem sabe, lhe diria: “Ele não está aqui, porque já ressuscitou. Vinde e vede o lugar onde Ele jazia”.

Ilustração: O cristão e o maometano.
Faz alguns anos, um homem cristão fez uma viagem ao Egito. Entrou em palestra religiosa com um egípcio, que professava a religião maometana. Eis o diálogo entre os dois:
– O Cristão: Nós cristãos cremos que Deus deu ao homem três revelações de si mesmo.
– O maometano: Nós também cremos assim.
– Cristão: Cremos que Deus se revelou num livro, a Bíblia.
– Maometano: Cremos que Deus se revelou num livro por nome Alcorão.
– Cristão: Cremos que Deus se revelou num homem, e este homem é Jesus Cristo.
– Maometano: Cremos que Alá se revelou num homem e esse homem é o profeta Maomé.
– Cristão: Cremos que Jesus morreu para salvar os seus seguidores.
– Maometano: Nós cremos que Maomé morreu para unificar o seu povo.
– Cristão: Nós cremos que Jesus Cristo ressuscitou de entre os mortos.
– Maometano: Hesitou... Depois de alguns segundos, replicou: Não temos nenhuma informação precisa sobre o nosso profeta após a morte.

F – Esta era a profunda convicção de Jó: – “Eu sei que meu Redentor vive”. (Jó 19:25)

Ilustração: Pedindo orientação ao vivo.
Um outro mulçumano da África se tornou cristão. Alguns de seus amigos lhe perguntaram: “Por que você se tornou cristão? Qual a vantagem?” Ele respondeu: “Bem, imagine que você esteja viajando numa estrada e lá adiante a estrada terminasse e começasse uma bifurcação, ou seja, houvesse dois caminhos em sua frente, e você não soubesse a que direção tomar. Imagine que no entroncamento houvesse dois homens – um vivo e o outro morto – qual dos dois você iria pedir ajuda?” O seu interlocutor respondeu: “Pediria ajuda ao vivo, está claro”. O ex-mulçumano concluiu: “Foi exatamente isto que eu fiz: aceitei a Jesus Cristo, porque Ele está vivo”.

EXISTEM TRÊS MANEIRAS QUE CRISTO ESTÁ VIVO:

I – PRIMEIRA: CRISTO PODE ESTAR VIVO DENTRO DE NÓS.

A – São Paulo – “Logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim”. (Gálatas 2:20).

1 – Para Paulo, Cristo estava vivo dentro dele.

Aplicação homilética: Cristo está vivo dentro de você?

2 – Infelizmente, dentro de muita gente Cristo já morreu...

Ilustração: Morto no ventre da mãe.
Eu lhes contarei um incidente para o qual desejo a atenção de todos. Contar-lhes-ei com todo respeito e reverência que este lugar merece.
Certa senhora, gestante, dirigiu-se ao pastor ao terminar o culto, muito aflita. “Pastor, há vários dias que a criança não se mexe em meu ventre. Agora estou passando mal”. Fizeram a oração, e em seguida saíram às pressas para o hospital. Resultado: A criança estava morta, já fazia uma semana.

3 – Será que estamos espiritualmente mortos como esta criança?

4 – Jesus Cristo está vivo em nós? – “Examinai-vos a vós mesmos se realmente estais na fé; provai-vos a vós mesmos. Ou não reconheceis que Jesus Cristo está em vós? Se não é que já estais reprovados”. (II Coríntios 13:5).

a) No cristianismo, há um fato muito mais importante do que a ressurreição de Cristo. Eu não tenho dúvidas de que da ressurreição de Cristo depende a nossa suprema esperança. São Paulo diz: “Se Cristo não ressuscitou é vã a nossa fé”.
b) Porém, o mais importante do que a ressurreição de Jesus do túmulo é Cristo está vivo dentro de nós.
c) Jesus Cristo está vivo. Esse fato ninguém pode contestar. Mas ele precisa também estar vivo dentro de cada um de nós.

II – O SEGUNDO FATO: JESUS CRISTO ESTÁ VIVO ATRAVÉS DE SUA IGREJA.

A – Eis o motivo por que ela também é perseguida e odiada por muitos no mundo.

1 – A verdadeira igreja, que segue e obedece ao Cristo Vivo, nem sempre é popular. Às vezes ela é odiada, discriminada e perseguida.

a) Ela sempre foi perseguida porque prega que Jesus Cristo está vivo!

III – TERCEIRO: CRISTO ESTÁ VIVO ATRAVÉS DE SUA PALAVRA – A BÍBLIA SAGRADA.

A – “Porque a Palavra de Deus é viva. E eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de dividir ama e espírito, juntas e medulas, e é apta discernir os pensamentos e propósitos do coração”. (Hebreus 4;12).

1 – É por isso que a Palavra de Deus é também perseguida e odiada.

a) A Bíblia é viva. Está viva e sempre será viva.
b) Através da história, a Bíblia sempre foi o livro mais amado, mais lido e também o mais odiado.

(1) Foi alvo de fogueiras.
(2) Destruída por ateus, por filósofos, por déspotas e até por religiosos.

c) Aqui está um fato curioso: Voltaire, filósofo francês. (1694- 1778). Disse: “O futuro da Bíblia é o desaparecimento. Dentro de cem anos ninguém perderá seu tempo lendo esse livro”.
d) Voltaire foi um falso profeta. Hoje a Bíblia está espalhada por todo o mundo. Não existe nenhum lugar no planeta, onde não se encontre uma Bíblia.
e) Dizem que o edifício onde Voltaire escreveu os seus livros, mais tarde se tornou uma editora da Bíblia.

2 – A Bíblia está viva porque é o livro que mostra e fala do Cristo Vivo.
a) Alguém disse: “Se tiramos Jesus Cristo da Bíblia, que resultará? Será apenas um livro do fracasso e dos pecados dos homens”.

Conclusão:

A – Jesus Cristo está vivo!

1 – Eu lhe pergunto: Está Cristo vivo dentro de você?

a) – Isto é mais importante do que um crucifixo na parede.
b) – É mais importante do que um crucifixo no pescoço.

(1) Porque precisamos ter Cristo no coração. Ele precisa estar dentro de nós e não fora de nós.
Ilustração: Eu encontrei outro dia um jovem com um grande crucifixo no pescoço. Comecei a pensar: “Será que esse rapaz tem também Cristo no coração?”

2 – Está Jesus Cristo vivo pela sua igreja por seu intermédio?
3 – Pelas páginas da Bíblia você tem cada dia visto o Cristo Vivo?

B – Ele nos diz: – “Ainda por um pouco, e o mundo não me verá mais; vós, porém, me vereis; porque eu vivo, vós também vivereis”. (São João 14:19).

1 – Tenha plena certeza disto: Jesus Cristo está vivo!

ORAÇÃO: Pai Nosso que estás nos céus, mas que também habitas no coração dos contritos. Neste momento Te agradecemos por Jesus, que desceu do céu, abandonou a grandeza celestial e desprezou os palácios de marfim e veio a este mundo para morrer numa cruz pelos nossos pecados, dando-nos o direito da vida eterna. Temos a certeza de que Jesus morreu, foi sepultado e ressuscitou no terceiro dia. Temos plena certeza de que Ele ressuscitou e que está vivo. Assim como Ele ressuscitou temos a certeza de que Ele ressuscitará aqueles que morreram na fé em Jesus Cristo, porque Jesus é o penhor de nossa ressurreição. Ajuda-nos a viver ao teu lado, acreditando piamente de que Cristo está vivo. Queremos também que Ele continue vivo dentro de nós. Estas bênçãos nós Te pedimos em nome de Jesus. Amém!

Hinos sugeridos: H.A., 70. 69,269.


Pr. Emmanuel de Jesus Saraiva
Natural de São Luís – Ma. Formado em Teologia, Pedagogia e Letras. Autor de dois livros: “Memórias da África” e “A História do Adventismo no Maranhão”. Trabalhou como pastor em várias igrejas no Maranhão, dentre as quais a Igreja Central de São Luís. Foi departamental de Jovens e Educação nas Missões Costa Norte, Central Amazonas e Nordeste e diretor do Educandário Nordestino Adventista – ENA. Por seis anos foi missionário na África, como diretor do Seminário Adventista de Moçambique, onde lecionou várias disciplinas teológicas, dentre as quais Homilética e Oratória. Casado com a professora aposentada Nilde Fournier Saraiva. Tem duas filhas: Raquel e Léia. Trabalhou como pastor por 35 anos. Hoje, jubilado, mora em São Luís - MA e atua como Ancião da Igreja do Colégio Adventista de São Luís - CASL.

4 comentários:

  1. Muito obrigado Pastor pelo seu exemplo e dedicação no trabalho do Senhor Jesus, um grande incentivo para nós jovens, futuros missionários da nossa amada igreja!

    Igor Levi - Desbravador da Igreja adventista do sétimo dia da Cohab em São Luís Maranhão

    ResponderExcluir
  2. Pastor Saraiva!
    Muito boa a sua explanação sobre o Cristo Vivo.
    Usei esse sermão para encerrar a minha programação de Semana Santa.
    O Blog Nisto Cremos é privilegiado com mensagens vinda de alguém dedicado e consagrado como o Senhor.
    Que Deus lhe abençoe sempre

    ResponderExcluir
  3. Pastor Saraiva, muito inspiradoras sua mensagens. obrigada. ontem tive o privilégio de conhecer o senhor pessoalmente.. foi um prazer. Deus continue te abençoando

    ResponderExcluir
  4. seus sermões são nota 10!!! são raros os sermões que consigo pregar de outra pessoa! Deus continue te usando pastor.
    Vou pregá-lo neste sábado.

    Pr. Yuri Ravem

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...