sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Ação e Omissão


É sempre mais fácil não fazer;
É sempre mais fácil omitir-se diante da realidade;
É muito mais fácil não se meter;
É muito mais fácil economizar-se;
É sempre mais fácil fingir que não viu;
É sempre mais fácil dizer que não tem tempo;
É muito mais fácil negar-se a participar;
É sempre mais fácil recolher-se só no seu canto;
É muito mais fácil criticar quem faz;
É sempre mais fácil achar erros nos que agem;
É muito mais fácil ser extremamente prudente;
É sempre mais fácil não errar por não fazer;
É sempre mais fácil achar-se impotente;
É muito mais fácil achar quem faz metido;
É muito mais fácil ser rígido que flexível;
É sempre mais fácil ser autoritário que democrata;
É muito mais fácil discutir com ignorantes;
É muito mais fácil fugir do que é novo;
É sempre mais fácil repetir velhas fórmulas;
É sempre mais fácil achar-se perseguido pelos outros;
É muito mais fácil tramar pelas costas;
É muito mais fácil não acreditar em ninguém;
É sempre mais fácil achar-se o dono da verdade;
É sempre mais fácil vestir-se a carapuça no outro;
É muito mais fácil ser falso que autêntico;
É muito mais fácil ser ateu, agnóstico, que cristão;
É sempre mais fácil achar quem faz puxa-saco;
É sempre mais fácil não pedir ajuda a ninguém;
É sempre mais fácil ser auto-suficiente que reconhecer as limitações;
É sempre mais fácil exigir total fidelidade do que ser fiel;
É sempre mais fácil esquecer-se de agradecer;
É sempre mais fácil ser mesquinho do que dar;
É muito mais dizer não do que sim;
É muito mais fácil achar que os outros estão “abusando”;
É muito mais fácil não admitir do que compreender;
É sempre mais fácil cortar do que atar, emendar, permitir;
É muito mais fácil achar os outros ignorantes do que se analisar;
É muito mais fácil não se comprometer com o “social”;
É sempre mais fácil querer tudo por escrito para não se comprometer;
É sempre mais fácil sair limpo, do que sujar-se na ação;
É muito mais fácil só ter amigos;
É muito mais fácil ser morno;
É sempre mais fácil deixar-se corromper do que denunciar;
É sempre mais fácil subornar do que enfrentar;
É muito mais fácil ir devagar do que depressa;
É muito mais fácil achar que o “mundo é assim mesmo”;
É sempre mais fácil não confiar no ser humano do que crer no Homem;
É sempre mais fácil desconfiar de todo mundo;
É sempre mais fácil estar “bem” com todo mundo;
É muito mais fácil dizer: “eu sou assim mesmo e não vou mudar”;
É muito mais fácil achar perigoso do que correr riscos;

É sempre mais fácil não fazer. Pense Nisso. Sucesso!


PROF. LUIZ MARINS

Antropólogo. Estudou Antropologia na Austrália (Macquarie University/School of Behavioural Sciences) sob a orientação do renomado antropólogo indiano Prof. Dr. Chandra Jayawardena e na Universidade de São Paulo (USP), sob a orientação da Profa.Dra. Thekla Hartmann;

- Licenciado em História (Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Sorocaba); estudou Direito (Faculdade de Direito de Sorocaba); Ciência Política (Universidade de Brasília - UnB); Negociação (New York University, NY, USA); Planejamento e Marketing (Wharton School, Pennsylvannia, USA); Antropologia Econômica e Macroeconomia (Curso especial da London School of Economics em New South Wales) e outros cursos em universidades no Brasil e no exterior.

Site: Anthropos

2 comentários:

  1. VejaBlog
    Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
    http://www.vejablog.com.br

    Parabéns pelo seu Blog!!!

    Você está fazendo parte da maior e melhor
    seleção de Blogs/Sites do País!!!
    - Só Sites e Blogs Premiados -
    Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
    os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

    O seu link encontra-se no item: Blog

    http://www.vejablog.com.br/blog

    - Os links encontram-se rigorosamente
    em ordem alfabética -

    Pegue nosso selo em:
    http://www.vejablog.com.br/selo


    Um forte abraço,
    Dário Dutra

    http://www.vejablog.com.br
    ....................................................................

    ResponderExcluir
  2. Parabéns. Acompanho Pr. Luiz Marins há algum tempo.Fiquei feliz em encontrá-lo por aqui. Este Blog está demais.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...