terça-feira, 11 de novembro de 2008

Pr. Élbio Menezes - Estudos em Profecias (5)

Gn 6:3


A profecia que está registrada no livro de Gênesis no capítulo seis e o verso três, foi feita pelo próprio Deus.

Alguém pode estar perguntado: Por que estudar as profecias da Bíblia? Amigo, através das profecias nós vamos conhecer melhor a Deus e com muita clareza vamos entender que o seu caráter é amor.

Quero convidá-lo a viajar no fantástico mundo das profecias.
O que diz a profecia?

“Então disse o Senhor: Não contenderá o meu espírito para sempre com o homem; porque ele também é carne; porém os seus dias serão cento e vinte anos.” Gn 6.3

Em que contexto esta profecia foi feita?

Noé o escolhido por Deus estava com a idade de 600 anos quando veio o dilúvio – Gn 7.6. Com esta informação podemos chegar a idade de Noé, quando Deus falou com ele sobre o Seu plano.

Quanto tempo Deus deu para Noé realizar o seu projeto?

“Porém os seus dias serão cento e vinte anos”. Gn 6.3 up

Porque Deus foi tão radical neste ponto?

“Então disse Deus a Noé: O fim de toda a carne é vindo perante a minha face, porque a terra está cheia de violência; e eis que os desfarei com a terra.” Gn 6.13

O grande sonho de Deus, tinha sido frustrado pela escolha de Adão e Eva e pela atuação de Satanás.

A violência dominava a terra. A lei do mais forte á que prevalecia. A justiça era feita, mas segundo as regras de cada pessoa.

O homem que foi fruto exclusivo das mãos do Criador, mas agora achava-se a serviço de Satanás.

Amigo, quando uma pessoa começa a praticar atos de violência, contra você mesmo, contra o seu corpo, usando álcool, fumo, drogas, se prostituindo, ele está naquele momento a serviço de Satanás. Deus ao criar o homem, não o criou para matar e ferir o seu irmão.

O homem se corrompeu tanto, a maldade atingiu um nível tão elevado que o próprio Deus se arrependeu de ter feito o homem – Gn 6.6-7

Porém nem tudo estava perdido. No meio da maldade havia alguém que era justo e correto. E este era um homem com 480 anos de idade, era ainda bem jovem, mas tinha as características que Deus estava procurando – Gn 6.8-9

Amigo, não viva de uma forma desiludida e pessimista, nem tudo está perdido. Há muita corrupção em todos os lugares e em todas as classes sociais. A violência contra o patrimônio e contra a família é algo muito real em nossa sociedade. Isto é uma verdade triste nos dias que vivemos. As crianças e velhos são violentados de todas as formas. Não podemos negar esta triste realidade no mundo atual, mas temos que nos lembrar que há muitos homens e mulheres que não se corrompem, que respeitam o patrimônio alheio, que zelam pela família, e por uma boa educação.

Assim foi nos dias de Noé. Ele era um homem justo e andava com Deus.
Deus vendo tudo isto deu 120 anos, tempo suficiente para que todos fossem avisados e escolhessem entrar ou não na arca.

Muitos perguntam: Se todos se convertessem caberiam na arca? Tenho certeza que se todos se convertessem, não haveria dilúvio, porque assim foi com Nínive no tempo do profeta Jonas.

Deus deu 120 anos de tolerância, mas o tempo não foi aproveitado. Usaram-no para zombar, escarnecer e desprezar a Deus.

Hoje, quando as verdades da Bíblia são apresentadas, muitos reagem da mesma forma dos antediluvianos, zombam, fazem piadas e desprezam totalmente.

Mas a profecia do dilúvio cumpriu-se no tempo determinado. Findo os 120 anos, Noé e sua família entraram na arca e a chuva caiu torrencialmente – Gn 7.11-12

Muitos hoje temem o fim do mundo, mas quem seguir o exemplo de Noé, não precisa ficar aterrorizado.

Como agiu Noé diante da profecia da destruição do mundo pelo dilúvio?

Noé andava com Deus – Gn 6.9

Fez Noé conforme tudo o que o Senhor lhe ordenara – Gn 7.5

Meu amigo, não tema o futuro, ande com Deus, faça tudo que Deus ordenou e o futuro será feliz e vitorioso. “O cristão não teme o futuro, mas o cristão prepara-se para o futuro”.

Não esqueça: Crede no Senhor vosso Deus e estareis seguros, crede nos seus profetas e prosperareis”. II Cr 20:20.


PR. ÉLBIO MENEZES

Natural de Miraguaí-RS, casado com Marta Peixoto Menezes, pai de dois filhos, Caroline e Wesley. Trabalhou no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Norte do Paraná. Está no ministério adventista por 28 anos e nestes anos foi distrital, departamental, secretário e é presidente de campo por 14 anos. Concluiu seu mestrado em teologia pelo UNASP em 2008.

3 comentários:

  1. esta palavra é firme e verdadeira,atual e vem de encontro as nessecidades Cristãs de nossa época,somos os cristãos do sonho de Deus aceitando e praticando a sua palavra e, eu,sempre digo jesus ainda não voltou, por ter crentes que oram pelos seus familiares e se Ele já o tivesse feito ,e, até nós talvez não seriamos salvos, por sermos humanos e falhos; ora vêm Senhor Jesus,ascendamos nossas lamparinas e vigiemos!

    ResponderExcluir
  2. APENAS UMA DUVIDA, ESSE PROF LUIZ MARINS É ADVENTISTA??

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...