quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Dicas para Desenvolver e Manter um Bom Relacionamento Familiar

O Relacionamento é bom quando as necessidades básicas dos envolvidos no relacionamento são satisfeitas.

Na verdade, Felicidade é sinônimo de Necessidades básicas satisfeitas.

Todos os membros da família têm suas necessidades específicas mas há uma necessidade que é comum a todos os componentes da família.

Comum a todos os seres humanos, desde o nascimento até o túmulo. Essa necessidade é de “Comunicação”.

5 Níveis da Comnicação

Nível 5. Conversa curta e vazia. TRIVIAL
Nível 4. Fatos e informações.
Nível 3. Idéias e Opiniões.

Começa aqui a intimidade pois a pessoa se arrisca a expor pensamentos e passar para o nível 2.

Nível 2. Sentimentos e Emoções = uma partilha honesta e vívida do que está ocorrendo com você.

Não é com qualquer pessoa, necessita confiança, pois começa a haver intimidade.

Nível 1. Profundo vislumbre = Raros momentos em que vocês estão perfeitamente sintonizados um com o outro na: 1. Compreensão / 2. Profundidade / 3. Satisfação Emocional.


Ideal: entre nível 3 e 2 diariamente no lar.

BARREIRAS = Causas de desequilíbrio, desalinhamento das 4 rodas e da direção = doentio.


1. Comandante:
Dizer aos outros o que fazer, o que falar, e o que pensar = imposição de idéias.

Exemplo: Buscáglia p. 35: "Encontrei um poema que me atraiu e o li! Dizia o seguinte:

Minha felicidade sou eu, não você.
Não só porque você pode ser temporário,
Mas também porque você quer que eu seja o que não sou.

Pense nisso nos termos de um cônjuge.
Não posso ser feliz quando mudo
Só para satisfazer o seu egoísmo.
Nem me posso sentir contente quando você me critica por
Não ter os seus pensamentos.
Ou por ver como você vê.
Você me chama de rebelde.
No entanto, cada vez que rejeitei as suas crenças
Você se rebelou contra as minhas.
Não procuro moldar a sua mente.
Sei que você está se esforçando muito para ser só você.

E não posso permitir que me diga o que ser...
Pois estou me concentrando em ser eu.

Escutem essa frase:
Você disse que eu era transparente
E fácil de esquecer.
Mas então por que tentou usar a minha vida,
Para provar a si mesmo o que você é?


Pensem nisso como marido e esposa. Pensem nisso como amantes. Pensem nisso como cidadãos. Pensem nisso como pais e mães. Aplicável a todos. "Você disse que eu era transparente e fácil de esquecer. Mas porque tentou usar a minha vida para provar a si mesmo o que você é?

2. Pregador: Críticas que rebaixam os outros.
3. Conselheiro: Corretores que querem sempre manter a conversa dos outros corretos.
4. Sr. Sabe Tudo:
5. Juízos Adivinhos: Julgam e adivinham o que você vai dizer a seguir.
6. Bajulador:
7. Palhaço:
8. Psicanalítico:
9. Adeptos do monólogo: Conversa numa só direção.

Sugestões para derrubar as barreiras e não mais construí-las:

1. Aprenda a Ouvir: Há muitas pessoas que escutam mas não ouvem. Isso imediatamente diz à pessoa: "Você não é importante para que eu ouça você."

Ouvir não é só com os ouvidos, mas com o 3º ouvido = Ouvido Reflectivo = Ouvir respondendo aos sentimentos. Expressar em palavras os sentimentos da pessoa, conferindo para ver se você = ouvinte entendeu e captou a mensagem.

É muito fácil e comum confundir "sentimentos" com "fatos." O ideal é expressar os sentimentos em palavras, como tal, e não como fatos.

Ex: "Você me agrediu."

"Eu me sinto agredido"

Lembre-se também que: "A resposta delicada acalma o furor, mas a palavra dura aumenta a raiva.

Minha sugestão é, que a partir de hoje: "Abandonem toda amargura, ódio e raiva. Nada de gritaria, insultos e maldade. Ao contrário, sejam bons e delicados, uns com os outros. E perdoem uns aos outros sempre e eternamente."

" Se você for paciente e delicado,
Vou expor-lhe, pouco a pouco,
Alguns aspectos de minha vida.

Abrirei gavetas que estavam fechadas,
E delas farei sair lugares,
Pessoas e coisas, sons e aromas,
Amores e frustrações, esperanças e
Tristezas, que tentava ocultar
Nos recessos da memória.

"Mas se você os menosprezar,
E negar que são importantes,
Ou pior ainda, tentar julgá-los,
Começarei, silenciosamente,
Devagar e pouco a pouco,
A envolvê-los em pedaços de veludo,
Como objetos de prata e ouro,
E os guardarei num cofre
Para fechá-los a sete chaves."

Termino dizendo: Seja uma pessoa sadia também na comunicação em seu relacionamento familiar que será conseqüentemente sadio.


PR. JOSÉ CARLOS EBLING

Doutor em Educação Religiosa e Aconselhamento Matrimonial pela Andrews University. Professor universitário e conselheiro matrimonial no UNASP - campus Engenheiro Coelho, SP. Autor dos livros : Namoro No Escuro, Mosaico Do Amor, Amigos Para Sempre, Sentido Único, Saúde No Relacionamento Familiar, Depressão : Você Não Está Sozinho, Perdas e Danos. Casado com Nair Ebling Diretora da faculdade de Educação no Unasp - campus II e autora de diversos livros Didáticos publicados pela CPB.

4 comentários:

  1. Pastor: Achei Maravilhoso, quero sempre aprender mais e mais. Obrigada mesmo,DEUS te Abençõe de coração!!!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pela orientação que me deste hj. tenho usado algumas tecnicas de silêncio + as vezes errados.

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Fábio .
    Olá amigo,
    Em minha opinião para um relacionamento familiar dar certo precisa ter sempre cuidado de cultivar para que esta chama não se apague. Se deixamos as coisas paradas, vai caindo na rotina, o sentimento vai se apagando e muitas vezes buscamos fugir da família damos mais atenção a coisas insignificantes como magoar a quem realmente nos ama com atitudes estúpidas.
    E principalmente respeitando as regras que a família tanto necessita, como atenção e carinho, por isso é necessário regar todos os dias como se fosse uma planta, como também estar sempre inovando em algumas coisas, apimentar a relação à medida que vai o tempo vai passando, renovando assim o sentimento e tornando-o melhor a cada dia.
    Gostei da sua matéria e com certeza você deve ter um casamento bastante sólido, pois só as pessoas felizes sabe dar o real valor qual sua família merece.
    Desejando um ótimo sábado.
    Abraços sempre.
    ClaraSol

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...