domingo, 13 de abril de 2008

Desenvolvimento cronológico da Igreja Adventista no Mundo

Segue um resumo do desenvolvimento cronológico da Igreja Adventista, visando alguns acontecimentos importantes para o avanço da mensagem que proclamou e continua proclamando sobre a volta do Senhor Jesus. Destacamos abaixo os principais eventos e em seguida o desenvolvimento da mensagem Adventista em território Brasileiro.




1844:
Em março daquele ano, cerca de quarenta pessoas começaram a observar o Sábado em Washington, New Hampshire. Ali alguns pastores adventistas conheceram a verdade do Sábado nesse mesmo ano. Um deles, T. M. Preble, foi o primeiro que comunicou esta verdade, por meio da imprensa, aos adventistas.
1845: Um artigo de Preble sobre o Sábado, escrito em East Weare, New Hampshire, datado de 13 de fevereiro de 1845, em Portland, Maine, atraiu a atenção de José Bates.


1846: O primeiro documento publicado por uma pessoa relacionada com esta denominação foi um folheto datado de 8 de abril de 1846 e se dirigia ao “remanescente disperso”. Foi escrito por Ellen G. Harmon. Foram impressos 250 exemplares custeados por Tiago White e H. S. Gurney. Com a data de 8 de maio de 1846, José Bates publicou o primeiro panfleto intitulado The Opening Heavens (Os Céus se Abrem). Tinha 40 páginas. Em agosto de 1846, José Bates publicou um panfleto de 48 páginas, intitulado The Seventh Day Sabbath, a Perpetual Sign (O Sábado do Sétimo Dia, um Sinal Perpétuo), acerca do qual Tiago White disse na Review and Herald, vol. 2 p. 61: “Confirmou-nos acerca do tema”. “No outono de 1846 começamos a observar o Sábado bíblico, assim como a ensiná-lo e entendê-lo” (Ellen G. White, Testimonies for the Church, vol. 1, p. 75).


1848: Primeira reunião geral dos observadores do Sábado, os dias 20 e 21 de abril, em Rocky Hill, a doze quilômetros de Middletown, Connecticut, com 30 pessoas presentes.


1849: O primeiro periódico The Present Truth (A Verdade Presente) quinzenal, fundado por Tiago White, saiu do prelo em julho, em Middletown, Connecticut. Foram publicados 11 números até o de novembro de 1850. No total, 88 páginas: de 10 x 20 cm. Foi impresso o primeiro hinário, de 48 páginas, com 50 hinos sem música.


1850: Em novembro, iniciou-se como periódico mensal a Second Advent Review and Sabbath Herald, em Paris, Maine; a comissão editora era composta de José Bates, S. W. Rhodes, J. N. Andrews e Tiago White; este último era o redator.


1851: A Review and Herald foi publicada por algum tempo em Saratoga Springs, Nova York.


1852: A 6 de maio, o primeiro número do vol. 3 da Review and Herald foi impresso em Rochester, Nova York, em um prelo manual, com tipo comprado graças às primeiras contribuições gerais dos crentes no “segundo advento”. O custo total do prelo e do material foi de US$ 652,93; a contribuição para este fim de US$ 655,84 dólares. Em agosto daquele ano apareceu em Rochester, Nova York, o nº 1 do Youth’s Instructor, especialmente dedicado à Escola Sabatina.


1853: Fixou-se o preço para a assinatura da Review and Herald, que foi publicada semanalmente durante aquele ano. Foram organizadas as primeiras Escolas Sabatinas regulares em Rochester e Buck’s Bridge, Nova York, onde também iniciou-se a primeira escola paroquial da denominação.


1854: O Pr. J. N. Loughborough fez as primeiras vendas de publicações adventistas do sétimo dia em uma reunião de tenda, em Rochester. O conjunto das publicações à venda custava então 35 centavos de dólar.


1855: Em uma reunião realizada em Battle Creek, Michigan, a 23 de setembro, resolveu-se mudar a sede da obra para Battle Creek. O primeiro número da Review publicado ali levava a data de 4 de dezembro.


1859: Foi adotada a “doação sistemática baseada no dízimo”, em uma reunião geral dos observadores do sábado celebrada de 3 a 6 de junho, em Battle Creek, Michigan.


1860: A 1º de outubro foi adotado o nome de “Adventistas do Sétimo Dia”, como nome da denominação. Até então a mensagem e a obra eram distinguidas pelas palavras: “do segundo advento”.


1861: A 3 de maio foi inaugurada The Review and Herald Seventh-day Adventist Editorial Association (Associação Editorial Adventista do Sétimo Dia Review and Herald). Pela primeira vez foram nossas igrejas formalmente organizadas. A Associação de Michigan foi a primeira a ser organizada, a 5 de outubro de 1861.


1862: A Associação de Michigan foi a primeira a estabelecer um sistema regular de pagamento para os pastores, cujos salários eram fixados por uma comissão examinadora de contas.


1863: Organizou-se a Associação Geral do Adventistas do Sétimo Dia, a 21 de maio, com a presença de 20 delegados de seis associações, e foi nomeada uma junta executiva de três membros.


1864: O governo norte-americano reconhece os adventistas do sétimo dia como não combatentes, e os designa aos serviços dos hospitais durante a guerra civil.


1865: Aparece a primeira publicação sobre saúde How to Live (Como Viver), de Ellen G. White.


1866: Em 1º de agosto aparece o primeiro número de Health Reformer (Reformador da Saúde); seu redator foi o Dr. H.S. Lay. A 5 de setembro foi aberto o primeiro sanatório adventista, em Battle Creek, Michigan, sob a direção do Dr. H. S. Lay.


1868: Foi organizada a primeira sociedade missionária de publicações em South Lancaster, Massachusetts. J. N. Loughborough e D. T. Bourdeau iniciam a obra na Califórnia, a 13 de agosto.


1870: A 6 de novembro é organizada a primeira sociedade missionária de publicações de uma associação, a de Nova Inglaterra.


1872: Os adventistas iniciam seu primeiro periódico em outro idioma além de inglês. Era o Advent Tidende (Revista Adventista) em dinamarquês-norueguês, editado pelo Pr. J. G. Matteson, nas dependências da Review and Herald, Battle Creek, a 3 de junho, sob a responsablidade da junta da Associação Geral e dirigida pelo Prof. G. H. Bell. Estabelecida a primeira escola primária adventista, em Battle Creek, MI.


1874: Incorpora-se a 11 de março a Sociedade Educacional Adventista do Sétimo Dia. Nesse ano foi fundado o colégio de Battle Creek, que iniciou sua obra escolar com treze professores e 279 alunos matriculados. O custo total do edifício foi de US$ 53.341,95. O primeiro número de Signs of the Times (Sinais do Tempos) foi editado em Oakland, Califórnia, a 4 de junho. Saiu de Boston para a Europa o primeiro missionário oficial enviado a um campo estrangeiro, Pr. J. N. Andrews.


1875: A 1º de abril foi incorporado em Oakland, Califórnia, a Pacific Seventh-day Adventist Publishing Association, com um capital subscrito de US$ 2.900,00.


1877: É organizada na Califórnia a primeira Associação de Escolas Sabatinas abrangendo um Estado.


1878: É organizada a Associação Geral da Escola Sabatina, e são recebidas as primeiras contribuições da Escola Sabatina.


1879: É aberta a segunda instituição de saúde: a Rural Health Retreat, em Santa Helena, Califórnia.


1880: Celebra-se o primeiro batismo de adventistas na Inglaterra a 8 de fevereiro, quando J. N. Loughborough batizou seis pessoas em South Hampton. O primeiro colportor regular adventista foi Jorge A. King: o primeiro livro de subscrição foi sobre Daniel e Apocalipse; o primeiro comprador, D. W. Reavis. Na Dinamarca é organizada a primeira associação adventista da Europa. É estabelecido um sanatório em Skodsborg, perto de Copenhague, sob a direção do Dr. J. C. Ottosen. Era patrocinado por membros da realeza e outros notáveis europeus. Chegou a ser um dos maiores da denominação.


1882: Outras escolas são abertas: o colégio de Healdsburg na Califórnia, a 11 de abril (inaugurado a 2 de outubro), e a escola da South Lancaster, Massachusets, a 19 de abril (incorporada a 12 de dezembro de 1883).


1883: É publicado o primeiro Yearbook (Anuário) da denominação adventista do sétimo dia.


1884: Inicia-se em Battle Creek, Michigan, o primeiro curso para enfermeiros entre os adventistas.


1885: Inicia-se na Europa a obra dos colportores remunerados por comissão.


1886: L. R. Conradi é enviado à Rússia como o primeiro missionário adventista a um país não protestante.


1887: São enviados os primeiros missionários para a África: D. A. Robinson, C. I. Boyd e outros.


1889: A 21 de julho é organizada a Associação Nacional de Liberdade Religiosa em Battle Creek. O nome é mudado mais tarde para torná-la internacional, e em 1901, chega a ser um departamento da Associação Geral.


1890: O primeiro navio missionário Pitcairn é construído e lançado à água para levar a mensagem às ilhas do Pacífico do Sul. Saiu de S. Francisco a 20 de outubro. Em julho é publicado o periódico Our Little Friend (Nosso Amiguinho).


1894: É organizada a primeira União, a Australasiana. Inicia-se a obra em terras pagãs, em Matabelelândia, África do Sul.


1895: A Srta. Geórgia Burrus chega à Índia em janeiro para iniciar a obra em favor das mulheres. F. H. Westphal vai como primeiro pastor adventista para a América do Sul e se estabelece na Argentina.



1896: Ellen G. White põe a pedra fundamental do primeiro edifício escolar em Cooranbong, Austrália. Ela permaneceu nove anos naquele país. Chegam os primeiros missionários ao Japão, a 19 de novembro.


1899: Começa a funcionar a Christian Braille Foundation em Battle Creek, Michigan, que em janeiro de 1900 edita os primeiros 75 exemplares de publicações para cegos.


1901: Na Assembléia da Associação Geral daquele ano, foram feitos planos para a organização de Uniões em todo mundo. Um plano baseado no sistema de orçamento, ou fusão dos recursos, foi adotado para a expansão das missões e para fortalecer a obra nas associações mais fracas. Em Nashville, Tennessee, estabelece-se a Southern Publishing Association.


1903: A sede da denominação dos adventistas do sétimo dia muda-se para Washington, D.C., a 10 de agosto.


1905: Estabelece-se em Loma Linda um centro de educação médica, o Colégio de Médicos Evangelistas, que recebeu a aprovação inicial em 1909.


1907: Em Mount Vernon, Ohio, é organizado o departamento de jovens da Associação Geral.


1908: É publicado a primeira Devoção Matinal. A Associação Geral adotou o plano da Recolta Anual, com base nas experiências feitas desde 1903 por Jasper Wayne, de Iowa.


1909: É organizada a escola por correspondência para ajudar os estudantes isolados a obterem uma educação cristã.


1910: No fim desse ano foi adotado um fundo geral de jubilação para sustentar os obreiros incapacitados e afastados, bem como as viúvas e filhos necessitados dos obreiros falecidos.


1913: A Igreja Adventista do Sétimo Dia (IASD) adota a organização por Divisões.


1916: Organiza-se a Divisão Sul-Americana da IASD.


1917: Funda-se a Divisão do Extremo Oriente (reorganizada em 1931) e a Divisão Sul-Asiática da IASD.


1920: Organiza-se a Divisão Sul-Africana da IASD.


1922: Estabelece-se a Divisão Australasiana e a Inter-americana da IASD.


1928: Funda-se a Divisão Central Européia (reorganizada em 1948), a Divisão Norte Européia (reorganizada em 1951), e a Divisão Sul Européia da IASD.


1934: Estabelece-se nos Estados Unidos o Seminário Teológico Adventista, para estudos superiores.


1942: A Voz da Profecia, programa radiofônico adventista, inaugura uma transmissão que abrange toda a América do Norte.


1948: Começa a publicação da revista Listen, com a finalidade de partilhar instrução científica para evitar o consumo do alcoolismo e o vício de narcóticos.


1950: Inicia-se o Clube de Desbravadores para jovens adventistas, na América do Norte.


1951: Publica-se a primeira edição da revista Life and Health (Vida e Saúde) para cegos. Em outubro acrescenta-se uma escola de odontologia ao Colégio Médico de Loma Linda. Organização da Divisão do Oriente Médio da IASD, com as missões do Levante e do Nilo.


1952: Centenário da Escola Sabatina, departamento da IASD.


1955: É criado o Chapel Records da Pacific Press, para produzir discos e fitas magnéticas especialmente destinados à música religiosa. A Escola Sabatina arrecada 100 milhões de dólares para as missões. O número de adventistas ultrapassa o seu primeiro milhão.


1957: É criada a Universidade Adventista de Potomac, em Takoma Park, MD, mudada parcialmente para Berrien Springs, Michigan, em 1959. Atualmente se chama Universidade Andrews.


1959: Publicações inter-americanas se mudam de Brookfield, Illinois, para Mountain View, Califórnia.


1961: É criada a Universidade de Loma Linda, em Loma Linda, Califórnia, abrangendo o que foi o Colégio de Médicos e os cursos superiores do Colégio de La Sierra.


1970: A IASD alcança 2 milhões de membros.


1971: A Rádio Adventista Mundial inicia sua operação em Portugal.


1972: É inaugurado o Centro de Assistência Social Adventista em Viena na Áustria, onde centenas de casas são atendidas diariamente, com o objetivo de cuidar de pacientes recém-saídos do hospital, ou mães incapacitadas com crianças pequenas.


1978: Número de membros da IASD ultrapassa os 3 milhões.


1982-1985: É lançado o programa “Mil Dias de Colheita”, campanha evangelística da IASD no mundo, no período de junho de 1982 a junho de 1985, com o objetivo de pregar a Palavra de Deus a um milhão de pessoas: mil pessoas em cada dia dos mil dias de colheita.


1985: Australianos celebram 100 anos na igreja de Avondale enquanto a de Cabo Verde comemora 50 anos. Grande igreja é dedicada em Praga, Tchecoslováquia. A ADRA dá assistência no terremoto do México.


1986: Número de membros da IASD ultrapassa os 5 milhões.


1987: A Rádio Adventista Mundial alcança metade do planeta, e o Hospital Ile Ile ,da Nigéria, retorna às mãos dos adventistas. Em Mali, na tribo de Bambara, a ADRA constrói um Centro Evangelístico de palha e taipa por US$ 2,50, e a Divisão Inter-Americana ultrapassa a marca de um milhão de membros.


1988: Hospital das Guianas difunde pelo rádio mensagens sobre saúde, e a França é anfitriã da Convenção de Comunicação de locutores das rádios adventistas da Europa. Congresso na Dinamarca atrai jovens de 20 países, e o Centro Ecumênico do Canadá recebe livros adventistas.


1989: A Associação Geral muda-se para Silver Springs, Maryland. Austrália hospeda representantes de 19 países para o II Seminário da Associação Internacional de Alimentos Saudáveis em New South Wales.


1990: Organizada a Divisão Euro-Asiática da IASD. O projeto da Missão Global foi votado a ser implantado pela igreja mundial por ocasião da Associação da Conferência Geral reunida em Indianápolis, nos Estados Unidos. Esse projeto tem como objetivo atingir áreas geográficas sem presença adventista até o ano 2000.


1991: Os crentes da Albânia encontram a fé após 50 anos de isolamento e a igreja estabelece presença oficial na antiga Cambodia. A presença da IASD nas ilhas de Barbados e a faculdade adventista de enfermagem da Califórnia celebram 100 anos de existência. Na União Soviética a igreja imprime 100 mil Bíblias, e uma série de conferências atrai mais de mil pessoas por noite na Romênia. 10 igrejas inauguram escolas em Nova York. Número de membros da IASD ultrapassa os 7 milhões.


1992: Adventistas estabelecem presença em Zanzibar, Tanzânia, e é fundada na Polônia a Associação de Liberdade Religiosa. Em Malawi, os adventistas iniciam um Programa de Emergência de Alimentação, e a Inglaterra celebra o bicentenário das missões.


1993: Número de membros da IASD ultrapassa os 8 milhões. Acontece o primeiro batismo na Mongólia. O colégio de Heldeberg, na África do Sul, faz 100 anos. O evangelismo na Ucrânia resulta em 297 batismos, e em Moscou (Rússia) mais de 10 mil visitantes assistiram o final da série de conferência com Mark Finley.


1994: É dedicada a primeira igreja na Albânia, e o Paradise Valley Hospital, na Califórnia, completa 90 anos de ministério. Museu adventista é inaugurado em Fridensau, Alemanha. A igreja adventista de Laos na União Sudeste Asiática reabre após 33 anos de forte perseguição política. ADRA inicia um Hospital Distrital para os Refugiados da Ruanda.


1995: A IASD se estabelece em Sri Lanka. Os escritos da Sra. White ficam à disposição na Internet pela primeira vez. Um novo Centro de Saúde é aberto na Colômbia, e a construção do novo Centro de Câncer na Flórida é iniciada. É organizada a primeira igreja de fala inglesa no Egito. O número de membros da IASD ultrapassa os 9 milhões.


1996: Centenário da Igreja Adventista de Crespo, Argentina, considerada a primeira Igreja Adventista do Sétimo Dia na América do Sul.


1997: Fundada a primeira igreja adventista na Mongólia, onde a conversão ao cristianismo implica no abandono da nacionalidade. Número de membros da IASD ultrapassa os 10 milhões. Na Divisão Sul-Americana 131.151 pessoas uniram-se à IASD, divididas assim: Brasil – 80.651; Peru – 28.245; Bolívia – 7.668; Chile – 5.071; Argentina – 4.788; Equador – 3.238; Paraguai – 1.097 e Uruguai – 393. Igreja comemora 100 anos na Islândia. Quase 7 mil pessoas foram batizadas na Coréia, aumentando o número de adventistas para aproximadamente 150 mil. Inaugurado o primeiro templo adventista na cidade de S. Petesburgo, Rússia, embora houvesse presença adventista desde 1880.


1998: Adventistas ampliam presença na Internet, através de viagens missionárias virtuais, programas evangelísticos, recursos de treinamento e informação. A Rádio Mundial Adventista começa a transmitir suas mensagens em ondas médias para a China, gerando uma igreja no Vietnã. A IASD comemora 50 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, e os Adventistas nas Ilhas Fiji atingem o número de 17 mil. Comemora-se o Centenário do Ministério da Mulher e o primeiro encontro do Ministério da Mulher na Tailândia, com a participação de duas divisões e 13 países. A revista Message, cujo nome original era Gospel Herald, direcionada para os negros da América do Norte, comemora 100 anos. No Batismo da Primavera 26.720 juvenis e jovens uniram-se à IASD na América do Sul. Inaugurada, na Universidade Andrews, a escultura em homenagem a seu patrono, John N. Andrews.


1999: Centenário de Fridensau, Alemanha, primeiro colégio fundado na Europa. 150 anos do Ministério de Publicações (1849-1999). 40 mil pessoas se uniram à IASD como resultado da Net 98. A Aviação Mundial Adventista prepara aeronave para atuar em Roraima (fronteira entre Brasil, Guiana e Venezuela). Pastor adventista na Inglaterra é escolhido como pregador do ano.


Fonte (Centro de Pesquisas Ellen White)


DESENVOLVIMENTO CRONOLÓGICO DA IGREJA ADVENTISTA NO BRASIL


1879: Deu entrada no Brasil, através do porto de Itajaí, SC, o primeiro pacote de literatura adventista que continha 10 exemplares do periódico Stimme der Warheit (Voz da Verdade), publicado em Battle Creek, Estados Unidos.


1884: Um alemão por nome Dresler, professor primário em Brusque, SC, resolveu voluntariamente tomar sobre si o encargo de pagar e distribuir toda publicação adventista que lhe chegasse às mãos. Ele não era adventista e sua conduta até pouco recomendável, pois era um alcoólatra.


1887: Guilherme Belz, residente em Gaspar Alto, SC, deparou-se com o livro Gedanken über das Buch Daniel (Comentários sobre o Livro de Daniel) de Urias Smith.


1890: Em princípios desse ano Guilherme Belz e família, seguidos por vários vizinhos, inclusive as famílias Olm, Look e Thrun, decidiram guardar o sábado, mesmo sem conhecer qualquer adventista.


1893: Chega ao Brasil, desembarcando em São Paulo, o primeiro missionário designado pela Associação Geral da IASD, o colportor Albert B. Stauffer.


1894: Chega ao Brasil, desembarcando no Rio de Janeiro, o segundo missionário adventista, o colportor W. H. Thurston acompanhado da esposa, vindos dos Estados Unidos. Sua missão era estabelecer naquela cidade um depósito de livros denominacionais para suprir as necessidades da colportagem local.


1895: Em abril desse ano o Pr. Francisco H. Westphal realizou o primeiro batismo de conversos adventistas no Brasil, na cidade de Piracicaba, interior de São Paulo. O segundo batismo ocorreu em Rio Claro, no mesmo Estado. Depois houve outros batismos em Indaiatuba, Brusque e Gaspar Alto, esses dois últimos em Santa Catarina. Chega ao Brasil o primeiro pastor, por nome Huldreich Graf. Criada a Missão Brasileira da IASD e organizada a primeira igreja no Rio de Janeiro. No dia 14 de dezembro, o Pr. Graf realiza um batismo de 23 pessoas em Santa Maria do Jetibá, ES.


1896: Nesse ano foi organizada a Igreja Adventista de Gaspar Alto, SC, sob a supervisão do Pr. Huldreich Graf. Em 1º de julho passou a funcionar em Curitiba, PR, o primeiro educandário adventista, Colégio Internacional de Curitiba, dirigido pelo Prof. Vicente Schmidt e logo a seguir pelo Prof. Guilherme Stein Jr. Chega ao Brasil o segundo pastor, Frederico W. Spies, vindo da Alemanha, onde havia sido Diretor de Colportagem.


1897: Em 15 de outubro foi estabelecida uma escola missionária adventista em Gaspar Alto, SC, iniciada pelo Prof. Guilherme Stein Jr.


1900: Inicia-se no Rio de Janeiro a publicação da mensagem adventista em língua portuguesa com a edição da revista O Arauto da Verdade; em 1913 passou a se chamar Sinais dos Tempos, e em 1923 O Atalaia.


1902: A Missão Brasileira da IASD passa a ser Associação Brasil (atual associação Rio de Janeiro, que foi reorganizada em 1951, em 1980 e em 1998) com 15 igrejas e 860 membros.


1903: Uma segunda escola missionária foi fundada em Taquarí, RS, tendo como seu primeiro diretor o Prof. Emílio Schenk.


1905: Com o nome de “Sociedade Internacional de Tratados no Brasil,” a tipografia em Taquari, Rio Grande do Sul, inicia sua produção.


1906: Inicia-se a publicação da Revista Trimestral (erroneamente chamada Trimensal). Em 1908 foi substituída pela Revista Mensal, e de 1931 em diante passou a denominar-se Revista Adventista. Funda-se as seguintes associações e missões da IASD: Associação Sul-Riograndense é composta de seis igrejas e 444 membros, enquanto que Associação Paraná-Santa Catarina tem 12 igrejas e 427 membros. A Missão Paulista é composta de apenas uma igreja com 23 membros e a Missão Norte tem três igrejas com 176 membros.


1907: Transfere-se para Santo André, São Paulo, próximo à estação de São Bernardo, a tipografia adventista de Taquari, que mais tarde passou a se chamar “Casa Publicadora Brasileira.”


1908: Chegam da Alemanha para a Casa Publicadora dois prelos movidos com motor a gasolina.


1910: Em face de novos e mais abarcantes planos, e também devido a não estar bem localizada, a IASD decidiu fechar a escola de Taquari. É estabelecida a Associação Espírito-Santense, que foi reorganizada em 1955 e 1980.


1911: É organizada a União Brasileira com sete campos, 68 igrejas e 1.550 membros.


1915: É fundado o Colégio Adventista Brasileiro, hoje Instituto Adventista de Ensino - Campus 1 (IAE- C1).


1919: É organizada duas uniões no Brasil: a Sul e Este. A Missão Bahia é composta de uma igreja com 91 membros.


1920: É ordenado ao ministério o primeiro pastor evangelista brasileiro, Pr. José Amador dos Reis. O Brasil já tem 12 campos, 68 igrejas e 3.571 membros.


1921: Estabelecida a Missão Mato-Grossense com cinco membros.


1922: No então Colégio Adventista gradua-se a primeira turma de formandos do seminário de Teologia. É fundada a Associação Paulista com 750 membros. No país existe 84 igrejas e 7.015 membros.


1924: O Pr. J. Berger Johnson, então gerente da Casa Publicadora Brasileira, realizou no dia 29 de novembro o batismo dos primeiros conversos no Estado de Goiás.


1927: Fundada a Associação Brasil Central da IASD.


1928: Iniciou-se o trabalho entre os indígenas carajás, na missão do Rio Araguaia, pelo Pr. A. N. Allen. Funda-se o Ginásio Adventista de Taquara, hoje Instituto Adventista Cruzeiro do Sul (IACS), no Rio Grande do Sul.


1931: No vasto Amazonas a lancha médico-missionária “Luzeiro I”, pilotada pelo missionário Leo B. Halliwell, iniciou o grande trabalho filantrópico da região.


1932: Organizada a Missão Nordeste da IASD.


1936: Organiza-se a União Norte-Brasileira da IASD, com a Missão Costa-Norte. Foi estabelecida a Fábrica de Produtos Alimentícios Superbom, anexo ao Colégio Adventista Brasileiro.


1937: A União Norte Brasileira da IASD é organizada com três igrejas e 226 membros.


1939: Inicia-se a publicação da revista Vida e Saúde. O Dr. Antônio Alves de Miranda passou a dirigir uma pequena clínica, estabelecida na capital de São Paulo, sob o nome de Sanatório Boa Vista, precursor do Hospital Adventista de São Paulo. Foi fundado o Instituto Teológico Adventista, hoje Instituto Petropolitano Adventista de Ensino (IPAE), em Petrópolis, RJ.


1940: O Brasil já conta com 11 campos, 106 igrejas e 13.849 membros. A Associação Baixo-Amazonas, bem como a Missão Central Amazonas e Federação Sul-Paranaense da IASD são organizadas.


1942: Funda-se em São Paulo a Casa de Saúde Liberdade, hoje Hospital Adventista de São Paulo (HASP). A Clínica de Repouso White foi estabelecida no Rio de Janeiro, sob a direção do Dr. Chester S. Schneider, sendo substituída, em 1948, pelo moderno Hospital Adventista Silvestre (HAS).


1943: Funda-se o Educandário Nordestino Adventista (ENA), em Belém de Maria, PE. O programa de “A Voz da Profecia” começa a ser irradiado através de 17 emissoras, sob a direção do Pr. Roberto M. Rabello.


1947: Funda-se, em Butiá, PR, o Ginásio Adventista Paranaense, hoje Instituto Adventista Paranense (IAP), transferido posteriormente para Curitiba e anos mais tarde para o município de Ivatuba, PR, onde está atualmente.


1948: Iniciou-se o curso de enfermeiro-padioleiro, sob o comando de Pr. Domingos Peixoto da Silva, então Secretário da Liberdade Religiosa e Deveres Cívicos para o Brasil. Estabelecido o Hospital Adventista Silvestre no Rio de Janeiro.


1949: Em Santo Amaro, SP, foi estabelecido o “Lar da Velhice”. No município de Sumaré, próximo de Campinas, interior de São Paulo, começou a funcionar o Ginásio Adventista Campineiro, hoje Instituto Adventista São Paulo (IASP).


1950: Na capital do estado do Pará, Belém, começa a funcionar o Hospital Adventista de Belém (HAB). Sob a direção do Dr. Edgar Bentes Rodrigues, teve início a Clínica Adventista de Mato Grosso, depois conhecida como Hospital Adventista do Pênfigo, e hoje como Hospital Adventista de Campo Grande, na cidade de Campo Grande. O país conta com 106 igrejas divididas entre 13 campos, e 13.849 membros. A 3 de dezembro inicia-se o programa evangelístico de televisão “Fé para Hoje”.


1953: Surge a revista Nosso Amiguinho, destinada ao público infanto-juvenil.


1955: Fundada a Associação Minas Gerais da IASD, que foi reorganizada em 1968, 1980 e 1983.


1956: Realiza-se o primeiro congresso Sul-Americano da Juventude Adventista no Hotel Quitandinha, em Petrópolis, RJ. Comemorou-se ali o 40º aniversário da Divisão Sul-Americana da IASD.


1957: Com a divisão da Associação Paraná-Santa Catarina surge a Missão
Catarinense, com sede em Florianópolis, hoje chamada Federação Catarinense da IASD.


1958: É lançada a revista Mocidade para os jovens brasileiros.


1960: O Brasil passa da casa dos 59 mil membros divididos entre 279 igrejas.


1961: É fundado o primeiro Clube de Desbravadores do Brasil, na cidade de Ribeirão Preto, SP, bem como o Instituto Adventista Grão-Pará em Belém, PA.


1962: O programa evangelístico “Fé para Hoje” passa a ser transmitido pela TV em São Paulo, sob a direção do Pr. Alcides Campolongo.


1963: É fundado o Educandário Espírito-Santense Adventista (EDESSA), no município de Colatina, ES. Inaugurado o primeiro templo no Distrito Federal, em Taguatinga.


1968: É doado pelo INCRA área para o estabelecimento do Instituto Adventista Agro-Industrial da Amazônia Ocidental, em Mirante da Serra, RO.


1969: Começa a funcionar a Faculdade Adventista de Enfermagem (FAE), no IAE, SP.


1970: Com 15 campos e 554 igrejas o país chega a 150.580 membros.


1972: Em julho desse ano é fundado o Lar Infantil Neanderthal, em Hortolândia, SP.


1973: Inicia-se a programação radiofônica “Uma Luz no Caminho”, sob a orientação do Pr. Paulo Sarli. Começa a funcionar a Faculdade Adventista de Educação (FAED), no IAE, SP.


1974: É fundado o Instituto Adventista Agro-Industrial (IAAI), em Manaus, AM.


1975: O Centro Educacional Ilustrado (CEI) inaugura sua sede em Santo Amaro, SP.


1976: Inaugurada em Brasília, no dia 22 de junho, a nova sede da Divisão Sul-Americana da IASD, transferida de Montevidéu, Uruguai, para o Brasil.


1977: Fundação da Clínica Médica Adventista em Manaus, bem como a formação do Grupo Hospitalar Adventista do Brasil (GHAB). Aquisição pela Golden Cross do Hospital São Lucas, no Rio de Janeiro, incorporado ao GHBA.


1978: Com a divisão da Associação Paulista da IASD em dois campos, são fundadas as Associações Paulista Oeste e Paulista Leste. Inauguração do edifício do Seminário Adventista Latino-Americano de Teologia (SALT) no IAE-SP. Em março desse ano, o Lar Adventista Paul Harris de Apucarana, PR, começa suas atividades, bem como o Hospital Adventista de Manaus. O Instituto Adventista Transamazônico Agro-Industrial foi inaugurado.


1979: Foi fundado o Instituto Adventista de Ensino do Nordeste (IAENE), no Estado da Bahia. Com a divisão da Missão Mato-Grossense da IASD, surge a nova Missão Mato-Grossense em Cuiabá, na União Sul-Brasileira.


1980: Com a divisão da Missão Central-Amazonas da IASD, surge a Missão Amazônica Ocidental, com sede em Porto Velho, Rondônia, na União Norte-Brasileira. Estabelecido o Colégio Adventista de Salvador. Aquisição do Hospital Santa Mônica, Belo Horizonte e da Clínica Adventista de Terapia Natural, (São Roque) em Ibiúna, SP, ambos incorporados ao GHBA.


1981: Estabelecimento do programa de mestrado em Teologia pelo Seminário Adventista Latino-Americano (SALT), do IAE/SP (Reitor: Dr. Mário Veloso), junto a Divisão Sul-Americana, bem como do Instituto Adventista do Nordeste. É fundado o Instituto Adventista Brasil Central, próximo à cidade de Anápolis, GO. Aquisição do terreno para a construção do Instituto Adventista Catarinense, entre as cidades de Blumenau e Joinville, no Estado de Santa Catarina.


1982: Inicia-se a transmissão do programa de TV “Encontro com a Vida” com o Pr. Roberto Conrad. Inauguração do Hospital Adventista de Vitória, incorporado ao GHBA. A Federação Paulista Leste da IASD é fundada.


1983: O Hospital Adventista Silvestre inaugura novas instalações para os setores de dietética e administração. Enquanto a compra da fazenda para o novo IAE é feita, é estabelecido o Instituto Adventista de Ensino de Minas Gerais (IAEMG). As missões Brasil Central e Catarinense adquirem novo status, passando a Associações. A Associação Paulista Leste da IASD é dividida em Leste e Sul.


1984: Iniciada a execução do projeto da nova Casa Publicadora Brasileira, bem como é lançada a pedra fundamental no Novo IAE, em Artur Nogueira, SP. Missão Mato-Grossense ganha novo prédio para acomodar a administração do campo. Realizado, em Foz do Iguaçú, o I Campori Sul-Americano de Desbravadores, com a presença de 3.500 desbravadores de oito países, e o I Congresso da Associação Ministerial Feminina (AFAM) de Porto Alegre, RS. Dos 52% dos brasileiros que já ouviram falar nos adventistas mais da metade desconhece inteiramente a sua mensagem.


1985: É inaugurado o Instituto Adventista Brasil Central (IABC).


1986: Reorganizada a União Sul Brasileira da IASD, que se dividiu formando a União Central Brasileira.


1987: Com a presença de representantes da Associação Geral da IASD, foi fundado no IAE o “Centro de Pesquisas Ellen G. White”.


1988: Organizada a Missão Maranhense, bem como a Missão Sergipe-Alagoas. Cursos de Letras e Ciências são acrescidos à Faculdade de Educação. No primeiro ano do Centro de Produção Artística (CPA/IASP) 57.919 pessoas foram atingidas através de concertos, semanas de oração, concílios, cultos, programas jovens, congressos, vigílias e acampamentos, e como resultado 1.140 não adventistas pediram estudos bíblicos.


1989: Divisão da Associação Paulista Oeste da IASD em duas: Paulista Oeste e Paulista Central.


1990: Compra de uma grande lancha para o trabalho missionário no Rio Purús, da Missão Central Amazonas.


1991: Divisão da Federação Paulista Sul da IASD em duas: Paulistana e Paulista Sul. Em 3 de novembro é lançado o programa de televisão “Está Escrito” na Rede Bandeirantes. Os adventistas são em número de 706.409.


1992: Organizada a Associação de Obreiros Jubilados Adventistas de Hortolândia (AJAH), com sede própria à partir de agosto. A Missão Global penetra em 1.200 novas áreas no Brasil.


1993: O programa “Revive” na praia de Camburi em Vitória, ES, tem audiência em média de 15 mil por noite.


1994: Estabelecida a Federação Planalto Central da IASD, com sede administrativa em Brasília, DF.


1995: Criado o Sistema Adventista de Comunicação (SISAC).


1996: Fundada a União Nordeste Brasileira da IASD, bem como a Missão Ocidental Sul Riograndense. Celebração do centenário da educação adventista. Inaugurada a nova sede do SISAC em Nova Friburgo, RJ.


1997: Número de Adventistas nas Uniões Brasileiras: Central – 11.817; Este – 8.652; Nordeste – 15.937; Norte – 18.460; Sul – 7.671. Inauguração do Centro Adventista de Vida Saudável (CAVS) em Nova Friburgo, RJ, bem como da Clínica Médica em Porto Alegre.


1998: Realizada a primeira defesa pública, pelo Pr. Luiz Nunes, de tese doutoral pelo SALT, bem como o I Simpósio da Memória Adventista no Brasil com o tema “História do IAE-Ct, 15 anos”, ambos no IAE- C2. O Instituto Adventista Cruzeiro do Sul (IACS) comemora 70 anos. O número de adventistas no Brasil chega a 882.352.


1999: Reorganizada a Missão Nordeste Brasileira da IASD, composta agora pelos Estados da Paraíba e Rio Grande do Norte, criando a Associação Bahia Sul, e a Associação Pernambucana. 50 anos do Instituto Adventista de Ensino (IASP). Conferido pelo MEC ao Instituto Adventista de Ensino o status de “Centro Universitário”, com sede no IAE – Campus 1, em São Paulo.



2000: Centenário da Casa Publicadora Brasileira.


Fonte (Centro de Pesquisas Ellen White)

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...