sexta-feira, 10 de agosto de 2007

COCA-COLA LIGHT - A VIDA É VOCÊ QUEM FAZ?



Levar a vida de forma leve, sabendo rir de si até mesmo nas situações mais embaraçosas, como o zíper que ficou aberto na foto com os colegas do trabalho ou a alça do sutiã que se soltou no momento do banho de piscina. Esse é o comportamento que a Coca-Cola light quer inspirar nas pessoas com o comercial “Galeria”, que estreou nesta segunda-feira, 9 de julho.

Exibido tanto em canais de TV aberta e como por assinatura, o filme marca uma nova fase da campanha “A vida é você quem faz”, lançada em 2005 e também integrada pelos comercias “Aplauso” e “Levante a mão”.

Na primeira fase da campanha “A vida é você quem faz”, o aplauso foi a metáfora para identificar pessoas que tomaram atitudes para mudar a direção de suas vidas. Em “Levante a mão”, a marca instigou as pessoas a assumirem atitudes livres de qualquer preconceito. Em “Galeria”, o tom continua descontraído, com roteiro enfatizando que as pessoas apreciem mais os momentos e consigam rir até mesmo de situações embaraçosas.

A assinatura “Viver mais leve” sintetiza o conceito de Coca-Cola Light.

Desenvolvido pela agência Santo, da Argentina, com adaptação da McCann Erickson para o Brasil, “Galeria” é ambientado em uma exposição de fotos de situações cotidianas, vivenciadas por pessoas comuns, na faixa etária em torno de 30 anos. O filme mostra como pequenas gafes ou exposições de imagens indesejadas de si mesmo podem ser encaradas com bom humor e sem traumas. A trilha sonora enfatiza no refrão o conceito que permeia a campanha: “Olha só como eu saí. Até eu ri de mim”.

“A sólida base de consumidores de Coca-Cola light é formada por fãs da marca que não a trocam por nenhum outro refrigerante, e por isso tornaram Coca-Cola light líder entre as versões de baixas calorias. O novo filme, que tem um tom vibrante, de encorajamento, fala de forma muito direta a essas pessoas. Representa uma continuação no conceito da campanha ‘A vida é você quem faz’, ampliando a conexão da marca com seus consumidores”, explica Ricardo Fort, diretor de marketing da Coca-Cola, em comunicado à imprensa.

“Por ter um grupo muito leal de consumidores, a marca aprendeu a conhecê-los melhor, desenvolvendo uma linha de comunicação bastante focada, que estabelece forte afinidade. Prova disso são as pesquisas encomendadas pela marca, que revelam elevados índices de identificação dos consumidores com os contextos e situações apresentados nas peças da campanha”, destaca Fort.

Dona de uma base fiel de aproximadamente 30 milhões de consumidores, Coca-Cola Light é líder de mercado entre os refrigerantes de baixas calorias. Com mais de 30 milhões de embalagens comercializadas por mês, possui 2,9% de participação no mercado total de refrigerantes, de acordo com leitura de maio do Instituto ACNielsen. Se forem considerados exclusivamente os refrigerantes de baixas calorias, Coca-Cola light detém 27% do volume de mercado, segundo o mesmo instituto

Em se tratando da proposta “A VIDA É VOCÊ QUEM FAZ”, parece um slogan perfeito para aqueles que tem uma vida sem graça. (mas só parece...) A sugestão é ter uma “VIDA MAIS LEVE”, como Coca-Cola Light. Uma vida sem nenhuma preocupação, parecendo ser tudo normal, mesmo que o seio de uma mulher fique de fora ao cair a alça de proteção. Esse é o mesmo pensamento do músico Zéca Pagodinho: “Deixa a vida me levar...”, ou dos Epicúrios: “Comamos e bebamos por que amanhã morreremos”.

Estamos entrando mais do que nunca na era escancarada da doutrina hedonista. O hedonismo [Do grego hēdonē "prazer"], é uma teoria ou doutrina filosófico-moral que afirma ser o prazer individual e imediato o supremo bem da vida humana. Surgiu na Grécia, na época pós-socrática, e um dos maiores defensores da doutrina foi Aristipo de Cirene. O hedonismo moderno procura fundamentar-se numa concepção mais ampla de prazer entendida como felicidade para o maior número de pessoas.

É a tendência a buscar o prazer imediato, individual, como única e possível forma de vida moral, evitando tudo o que possa ser desagradável. Doutrina que considera que o prazer individual e imediato é o único bem possível, princípio e fim da vida moral. A teoria do bom e do útil, identifica no hedonismo que toda a bem-aventurança humana se resolve no prazer.

Pergunto: Onde se destaca Deus na felicidade humana nesse contexto?

Numa perspectiva cristã, a busca da felicidade não está na busca dos prazeres temporais. Confira o entendimento do apóstolo Paulo sobre esse assunto que ele entendia ser a idolatria do corpo:

Colossenses 3:5 - "Exterminai, pois, as vossas inclinações [carnais]; a prostituição, a impureza, a paixão, a vil concupiscência, e a avareza que é idolatria. "

O segredo da felicidade não é viver para si e sim para Deus. Como disse o apóstolo Pedro: "Para que, no tempo que ainda vos resta na carne não continueis a viver para as concupiscências dos homens, mas para a vontade de Deus". 1 Pedro 4:2

Infelizmente a proposta da Coca-Cola é sutil e enganosa pois sugere uma vida alienada aos verdadeiros princípios de felicidade incitando a todos a buscarem os prazeres até mesmo nos erros comuns da vida como se não fosse necessário fazer aquilo que é certo. Libertinagem... Hedonismo puro...

Uma das verdades básicas da Bíblia é a de que Deus tem um propósito para a sua vida. "Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para a glória de Deus". 1 Coríntios 10:31

E você, pensa assim?

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...