sexta-feira, 4 de agosto de 2006

Série - "Dom de Línguas" LINHAS GERAIS SUGERIDAs POR PAULO AOS CORÍNTIOS

1. Apenas uma pessoa deveria falar de cada vez:

2. Teria sempre que ter um intérprete:

3. No máximo duas ou três pessoa s poderiam falar num culto

1 Coríntios 14:27 No caso de alguém falar em outra língua, que não sejam mais do que dois ou quando muito três, e isto sucessivamente, e haja quem interprete. 28 Mas, não havendo intérprete, fique calado na igreja, falando consigo mesmo e com Deus.

4. Deus não pode ser de confusão

1 Coríntios 14:33 porque Deus não é de confusão, e sim de paz. Como em todas as igrejas dos santos,

5. O apelo dirigido por Paulo, era esperar uma igreja que possuísse uma comunicação inteligente para que todos fossem edificados

1 Coríntios 14:9 Assim, vós, se, com a língua, não disserdes palavra compreensível, como se entenderá o que dizeis? Porque estareis como se falásseis ao ar.

1 Coríntios 14:19 Contudo, prefiro falar na igreja cinco palavras com o meu entendimento, para instruir outros, a falar dez mil palavras em outra língua.


6. O propósito deveria ser a edificação

1 Coríntios 14:26 Que fazer, pois, irmãos? Quando vos reunis, um tem salmo, outro, doutrina, este traz revelação, aquele, outra língua, e ainda outro, interpretação. Seja tudo feito para edificação.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...