sexta-feira, 4 de agosto de 2006

Série - "Dom de Línguas" (Atos 19:1-7)

Atos 19:
1 Aconteceu que, estando Apolo em Corinto, Paulo, tendo passado pelas regiões mais altas, chegou a Éfeso e, achando ali alguns discípulos,
2 perguntou-lhes: Recebestes, porventura, o Espírito Santo quando crestes? Ao que lhe responderam: Pelo contrário, nem mesmo ouvimos que existe o Espírito Santo.
3 Então, Paulo perguntou: Em que, pois, fostes batizados? Responderam: No batismo de João.
4 Disse-lhes Paulo: João realizou batismo de arrependimento, dizendo ao povo que cresse naquele que vinha depois dele, a saber, em Jesus.
5 Eles, tendo ouvido isto, foram batizados em o nome do Senhor Jesus.
6 E, impondo-lhes Paulo as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo; e tanto falavam em línguas como profetizavam.
7 Eram, ao todo, uns doze homens.

Contexto

· Quando Paulo chegou em Éfeso, encontrou por volta de doze homens eram discípulos de João batista.
· Esses homens não haviam sido batizados no batismos cristão, mas só no batismo de João batista.
· Eles apenas creram que Cristo havia de vir e foram batizados no batismo do arrependimento (Lucas 3:7-9), mas falavam crer no Espírito. Logo após serem batizados, o Espírito Santo veio sobre ele e profetizaram e falaram em línguas. (Atos 19:6)

1) Quais os propósitos do dom de línguas concedidos aos cristão de Éfeso?

Convencer os próprios novos crentes através do ?dom sinal?, que o novo passo que haviam acabado de dar, era concreto ou tinha aprovação divina, e da necessidade do Espírito Santo para suas vidas.
Autenticar a conversão de a Cristo por parte daqueles discípulos de João batista, diante de Paulo e dos demais apóstolos.

2) Que prova temos que o dom de línguas foi no idioma da nação?

As palavras narradas usadas aqui são as mesmas palavras usadas em atos 2 e atos 10 no original. (glôssa- Grego)

3) Propósitos evangelísticos dom de línguas aos cristãos de Éfeso:

Éfeso , capital da Ásia Menor, era uma grande cidade portuária, com um grande centro comercial, considerada como porto de entrada na Ásia Menor.
Seus cais eram cheio de navios e ruas repletas de pessoas de todos os países. Portanto era um campo promissor para a expansão do cristianismo.
Assim sendo, o espírito santo capacitou os crentes em Éfeso a falarem as línguas das nações, a fim de torná-los aptos a proclamarem o evangelho aos habitantes e visitantes estrangeiros daquela cidade cosmopolita, visitada por povos de diferentes idiomas.

1 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...